Estado garante duas embarcações para travessia 24h entre Icoaraci e Outeiro

18/01/2022 14h13 - Atualizada em 18/01/2022 16h01

O traslado entre a ilha de Outeiro e o distrito de Icoaraci foi realizado nesta terça-feira (18), com o apoio de um ferryboat e uma balsa. Cada uma das embarcações,  disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Transporte (Setran), têm capacidade para transportar 480 passageiros e 65 veículos por viagem. A iniciativa é totalmente de graça e realizada de forma emergencial após a ponte que liga os distritos ser interditada depois que um dos pilares desabou após uma colisão. 

De acordo com o titular da Setran, Adler Silveira, o empenho em garantir o deslocamento da população vem sendo priorizado pelo governo estadual. "O governador Helder Barbalho determinou que nós tivéssemos a preocupação com o ir e vir da população. Então, começamos com o ferryboat. Ao final do dia, percebemos um volume maior de pessoas e acionamos uma segunda embarcação para realizar a travessia. Agora, estamos com os dois equipamentos fazendo o traslado de forma simultânea, quando um sai do lado de Outeiro, o outro saí do lado de Icoaraci e os dois se cruzam no meio. Desta forma temos um fluxo maior de pessoas com uma maior celeridade", afirmou Adler Silveira.

"Foi rapidinho. Foi boa essa ação do governo de colocar a balsa para travessia, deu uma melhorada", avaliou o morador Damião Trindade.

Ainda nesta terça-feira (18), equipes da Setran, especializadas em pontes, deram continuidade na análise técnica da situação da estrutura e dos pilares de sustentação da ponte. O objetivo é identificar a real situação para nortear a execução de medidas que possam viabilizar o retorno da utilização da ponte.

"Nós estamos realizando uma série de atividades de levantamento com batimetria, sondagem de solo para avaliarmos a situação dos pilares. Com isso vamos poder ter a melhor garantia de decisão sobre recuperação mais célere, sem que o tabuleiro da ponte seja perdido.  A ideia é ter essa avaliação para vermos como conter as sobrecargas sobre os pilares laterais", explicou Adler Silveira.

A rampa de acesso localizada em Outeiro foi reforçada com pavimentação asfáltica, o que resultou em uma melhor qualidade para o deslocamento de pedestres e veículos. O serviço foi realizado na manhã de hoje. 

Trabalham na força tarefa em Outeiro, a  Defesa Civil do Estado, Defesa Civil do Município, Corpo de Bombeiros, Arcon, Polícia Científica, superintendência de mobilidade urbana de Belém (Semob).

O acesso à ponte permanece fechado por viaturas da PM-PA e do CBM, a fim de evitar quaisquer riscos à população. Duas lanchas e um bote foram deslocadas quase que imediatamente após o acidente para o local da ponte sob o rio Maguari, bem como o comando operacional foi à área para iniciar as avaliações das extensões dos danos causados pelo impacto.
 
Trânsito

O acesso a rampa de embarque e desembarque são controlados por barreiras do Detran. Em Icoaraci, o acesso as embarcações é via rua Dois de Dezembro (mais conhecida como 7ª Rua), e via rua Brasília, no distrito de Outeiro. 

De acordo com o diretor Técnico-Operacional do Detran, Bento Gouveia. "Ambulância, veículos para transporte de água sempre tem prioridade porque as pessoas precisam ter esse atendimento e abastecimento. A casa momento nós estamos em atenção ao trânsito para garantir a fluidez necessária".

Texto: Ronan Frias

Por Governo do Pará (SECOM)