Governo do Estado realiza mutirão de vacinação contra Covid-19 neste fim de semana

Iniciativa, que contempla crianças a partir de 5 anos e adultos com doses atrasadas, será levada a todos os 144 municípios paraenses. Serão aplicadas as vacinas da AstraZeneca, Coronavac e Pfizer pediátrica.

10/03/2022 11h21 - Atualizada em 10/03/2022 11h52

A partir desta sexta-feira (11) até o próximo domingo (13), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), realizará um mutirão de vacinação contra a Covid-19 para crianças a partir de 5 anos e para adultos com doses atrasadas nos 144 municípios paraenses. O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Helder Barbalho, por meio das suas redes sociais, na manhã desta quinta-feira (10). 

“Estamos buscando reforçar a imunização das nossas crianças. Eu já levei meus filhos e peço que vocês façam o mesmo com os seus. A vacina representa proteção, vida, saúde, valorização da ciência. Ela é segura. Aproveitem o mutirão, levem as crianças para vacinar e assim poderemos virar essa página da pandemia. Faço esse apelo como pai”, pede o governador. 

Serão aplicadas as vacinas da AstraZeneca, Coronavac e Pfizer pediátrica. Todos os municípios já estão abastecidos com as doses do imunizante que serão utilizados no mutirão. A ação tem como objetivo imunizar crianças que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina para Covid-19, aplicar a segunda dose em adultos com a vacinação em atraso e também a dose de reforço (terceira dose). A dose pediátrica contempla crianças com idade entre 5 a 11 anos. Os idosos também poderão procurar as unidades de saúde para tomar a quarta dose da vacina. 

Atendimento

A coordenadora do Departamento de Epidemiologia da Sespa, Daniele Nunes, explica que cada município vai estipular o seu próprio horário de atendimento, então, é necessário que a população fique atenta às informações divulgadas pelas Prefeituras. “A ideia é permitir que as pessoas tenham acesso à vacina de forma mais rápida e a nossa sugestão é de que os municípios atuem de 8h às 17h”, pontua. 

Para receber a vacina, basta procurar os Postos de Saúde do seu município, levando um documento de identificação como RG, comprovante de residência e carteira do SUS. Para quem vai receber a segunda dose ou reforço é necessário levar apenas o cartão de vacinação.

De acordo com o secretário de saúde Rômulo Rodovalho, a ação visa ampliar a cobertura vacinal da população como um todo, com foco principalmente na vacinação infantil. “É muito importante que a população perceba que a pandemia ainda não acabou e que para conseguirmos virar essa página é essencial que todos busquem a imunização. Essa é a ferramenta mais importante que temos contra o coronavírus e está à disposição de todos de forma gratuita”, reforça.  

A coordenadora de Saúde da Criança da Sespa, Ana Cristina Guzzo, explica que o imunizante entrou no calendário vacinal porque é seguro e está pronto para ser usado na população. A vacina passou por um processo de validação pelos órgãos competentes, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

“É importante deixar claro que a Covid em crianças não é tão simples. Mais de 2.600 crianças e jovens morreram durante a pandemia. Então ocorrem casos de agravamento entre as crianças que podem deixar sequelas e até levar a óbitos. Por isso é importante tomar a vacina”, ressalta. 

Atualmente, o estado possui 830.633 crianças que ainda não tomaram nenhuma dose do imunizante. Já entre os adultos, 1.323.988 ainda não procuraram as unidades de saúde para tomar a segunda e 2.256.668, estão pendentes com a dose adicional.  

Serviço: O Mutirão de Vacinação será realizado de sexta-feira (11) até domingo (13), em geral, no horário de 8 à 17h, nos Postos de Saúde dos 144 municípios. Confira as informações divulgadas pela sua Prefeitura.

Por Luana Laboissiere (SECOM)