Em Curralinho, Governo do Estado certifica alunos do Qualifica Pará

25/04/2022 15h18 - Atualizada em 25/04/2022 16h52

Mais uma certificação do Programa Qualifica Pará foi realizada pelo Governo do Estado, desta vez em Curralinho, no Marajó. O ato, que contou com a presença do governador Helder Barbalho, concretizou a certificação de 79 alunos dos cursos de mecânica de motocicleta, cabeleireiro, manutenção de celular e confeitaria básica. O evento ainda contou com 80 alunos que vão ingressar em novos cursos a partir desta semana.

"O programa tem 45 tipos de cursos para qualificar a mão de obra de jovens que queiram ter uma oportunidade de qualificação, para que, a partir daí, trilharem o seu caminho e garantam a sua renda. Parabéns a todos os que foram certificados hoje e aos que estão iniciando o curso também. Eu já vim aqui algumas vezes, mas confesso que não sabia que há 20 anos não vinha um governador em Curralinho. Eu confesso a vocês que eu fico com um misto de alegria por estar aqui enquanto governador, mas também fico muito incomodado em saber que outros não lembraram que Curralinho fazia parte do Pará. Espero que isso jamais aconteça novamente, porque quando eu escolhi fazer parte da vida pública eu disse a vocês que gostaria de ser um governador presente para poder estar onde o povo estivesse", declarou o chefe do executivo. 

O prefeito de Curralinho, Kleber Édson, também destacou que "o investimento recebido é de um montante muito alto, haja vista que há mais de 20 anos  um governador não vinha até o município, então é muito importante essa parceria. O marajó é uma região de municípios bem pobres e sem a parceria do governo do estado seria difícil conseguir desenvolvimento para a região".  

Oportunidade

O Qualifica Pará é um programa de qualificação profissional que incentiva a inserção e reinserção no mundo do trabalho, em especial à população paraense de baixa escolaridade ou situação de vulnerabilidade social. O programa é fruto de um dos maiores investimentos em qualificação profissional já feitos pelo Estado. São aproximadamente R$ 60 milhões para a execução de 1.452 turmas, o que resultará em 30 mil pessoas qualificadas nos 144 municípios paraenses. A coordenação está sob a responsabilidade da Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster).

Nazaré dos Santos Moraes, certificada pelo Qualifica ParáNazaré Moraes tem 53 anos e participou do curso de processamento de frutas. Ela conta que trabalha em uma sorveteria e a qualificação vai contribuir na expansão do negócio. "Estou muito feliz por participar desse projeto que o governo tem nos dado, essa oportunidade ímpar que a gente tanto aguardava em nosso município. Eu nem dormi na expectativa e hoje estou aqui, junto com as minhas filhas, recebendo o meu certificado. Eu trabalho em uma sorveteria e ela precisa expandir, precisa ser conhecida na cidade, e eu trabalhando com processamento de frutas vai melhorar muito o meu empreendimento", contou.

Por Camila Santos (SEASTER)