StartUP Pará Mulher recebe 69 projetos de 17 municípios

A chamada vai qualificar até 20 iniciativas lideradas por mulheres, oferecendo até R$ 80 mil para os projetos finalistas

26/04/2022 18h22 - Atualizada em 27/04/2022 02h21

O edital StartUP Pará Mulher - nº 008/2022 - recebeu 69 submissões de projetos, com a adesão de propostas oriundas de 17 municípios paraenses. As inscrições foram encerradas na última segunda-feira (25). As principais áreas de atuação dos projetos submetidos foram Economia Criativa, com 42% das propostas enviadas; Tecnologia da Informação (13%); Bioeconomia (10%); Educação (10%) e Turismo (4%).

Belém responde por 38% das propostas, seguida por Santarém e Itaituba (9%), Paragominas, Castanhal e Altamira (4%). O edital prevê a seleção de até 20 propostas para o recebimento de qualificação técnica. Dessas, até 15 poderão receber apoio financeiro de no máximo R$ 80 mil.Bioeconomia, que usa de maneira sustentável as riquezas da floresta, valoriza a inovação proposta pelo StartUP Pará

“No intuito de incentivar o desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras para bens, serviços ou processos, o edital StartUP Pará Mulher vem contribuir para o aumento da representatividade feminina, além da inserção e seu protagonismo no universo da inovação, da tecnologia, no empreendedorismo estadual e na transformação da sociedade”, explicou a coordenadora do programa, Maria Trindade.

As propostas em condições de escalar o seu modelo de negócio poderão receber apoio técnico em treinamentos, capacitações e rodadas de pitches na etapa de avaliação e apoio financeiro por subvenção - não reembolsável -, na etapa final.

“O StartUP Pará traz várias iniciativas de apoio para os diferentes públicos e empreendedores, criando possibilidades e oportunidades de avanços e interação no ecossistema estadual de inovação, bem como revolucionando o mercado e contribuindo para o aumento da competitividade entre as empresas paraenses. Em relação aos benefícios qualitativos disponibilizados aos empreendedores gera maior segurança para a execução das propostas no mercado”, enfatizou Maria Trindade.Turismo também está entre os setores econômicos incentivados pelo edital

Os alvos da chamada foram Bioeconomia, Biotecnologia, Educação, Turismo, Tecnologia da Informação e Economia Criativa — com abrangência nas áreas de artesanato, cinema e vídeo, arte digital, arquitetura, cultura alimentar/gastronomia, design de moda e estética.

O resultado preliminar da etapa de enquadramento das propostas, em que o comitê irá avaliar se a documentação enviada está de acordo com os termos do edital, será divulgado a partir de 11 de maio próximo.

Inovação - Iniciativa do Governo do Pará para auxiliar o desenvolvimento de projetos e empresas inovadoras, o StartUP Pará é realizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) e pela Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), com apoio técnico da Fundação Guamá, instituição que administra o Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, em Belém.

Mais informações sobre o programa no site https://startuppara.com.br/

Por Juliane Frazão (PCTGuamá)