Governo do Estado assina convênio para reconstrução de hospital em Limoeiro do Ajurú

17/05/2022 19h25 - Atualizada em 17/05/2022 22h31

O governador Helder Barbalho assinou nesta terça-feira (17), o convênio que firma parceria com a Prefeitura de Limoeiro do Ajurú, que viabilizará a reconstrução total do Hospital Municipal Dr. Cruz Moreira, possibilitando mais melhorias na área da saúde e o bem-estar da população ajuruense. 

O convênio, no valor de R$ R$ 3.638.440,04, viabilizará a reconstrução da unidade de saúde e o investimento será executado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), com recursos oriundos do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE).

"Quando se trata de Pará, todos estaremos juntos, o Estado e este município precisam. Hoje, estamos assinando convênios para recursos a serem investidos no hospital, estrada vicinal, obras de pavimentação asfáltica sendo realizadas, em que mais cinco quilômetros de asfalto já estão autorizados para Limoeiro, também é um dia especial, pois entreamos o terminal hidroviário, mais uma obra do nosso governo para ajudar a região do Baixo Tocantins, gratidão a todos pela acolhida, que pude retribuir trabalhando para que essa cidade seja melhor e próspera, para gerar mais emprego e renda", ressaltou Helder Barbalho.  

Instalações do hospital que será reconstruídoO projeto do hospital prevê a reconstrução total do prédio, com melhorias estruturais, na parte elétrica, melhorias nas alas de atendimento, que possibilitem a realização de procedimentos com eficiência, entre outros, para que não seja necessário o deslocamento em busca de assistência em unidades de saúde de outros municípios.

"O nosso município precisa e o governador é um grande parceiro, e que investe em mais asfalto, o terminal está sendo entregue hoje, além de obras como a do hospital. O valor a ser investido pelo governo em nossa cidade, a população pode confiar que será muito bem aplicado para mais melhorias", disse o prefeito de Limoeiro do Ajurú, Alcides Barra.

Rutneia Portilho“Estou muito alegre, primeiramente gratidão a Deus, pois era algo que precisávamos muito, um hospital de qualidade e que sejamos bem atendidos, chegar em um lugar que não tem bom atendimento não é bom, mas agora recebemos com muita alegria esta notícia, o que esperávamos há muitos anos, essa reconstrução”, disse a pescadora e moradora do município, Rutileia Portilho.

Por Luana Taveira (DETRAN)