Santa Casa finaliza a obra de ambulatórios e serviços de referência

Novo prédio abrigará atividades da área pediátrica, envolvendo mais de 40 profissionais de diferentes categorias e especialidades

23/05/2022 09h00 - Atualizada em 23/05/2022 09h25

Os Ambulatórios de Prematuridade e Pediatria, o Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE), além do Serviço de Fissurados da Santa Casa vão ganhar em breve um novo espaço com cerca de 1.200 metros de área construída, projetada para atender às necessidades de cada um dos serviços de referência para o Estado.

O prédio, em fase de acabamento, tem 3 andares e fica localizado logo na entrada de usuários do complexo ambulatorial da Santa Casa. A gerente ambulatorial do hospital, Elineth Braga, ressalta as melhorias que vão ser geradas pela nova estrutura. 

“Os ambulatórios deixarão a estrutura adaptada no prédio centenário e serão transferidos para um novo prédio, de 3 andares, com elevadores, brinquedoteca, salas de espera mais adequadas a pais e crianças, consultórios planejados para receber cada especialidade dentro das suas especificidades. Mobiliários e equipamentos novos e adequados, acessibilidade planejada, cuidados estruturais que garantam a segurança de pais ,crianças e servidores”, informou Elineth Braga.

Dois dos serviços que ocuparão grande parte do novo prédio são os ambulatórios de pediatria e do prematuro, onde mais de 40 profissionais de várias categorias e especialidades, distribuídos nos turnos da manhã e tarde, realizam cerca de 1200 atendimentos por mês.

Entre as especialidades médicas dos ambulatórios estão cirurgia pediátrica,  cardiopediatria, endócrino pediatria, gastropediatria , hepatologia infantil, neuropediatria, neurocirurgia, otorrinolaringologia, ortopedia pediatrica e urologia pediátrica. Nos dois ambulatórios também são realizados atendimentos multiprofissionais em enfermagem, psicologia, serviço social, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudilogia e nutrição.

A enfermeira neonatolologista, Gizele Lima, atende aos pacientes do ambulatório do prematuro há mais de 10 anos e não esconde a ansiedade de recebê-los em um novo espaço. "Nós vemos a construção desse prédio como uma conquista, pois nós lutamos por um espaço maior há muito tempo".

"O ambulatório funciona há anos nesse espaço adaptado em um porão da Santa Casa, só que a cada ano a nossa clientela de bebês prematuros só vem aumentando. Lá é um espaço planejado para o atendimento desses bebês, bem mais amplo, com uma sala para cada equipe. Então a gente tá muito ansioso para essa mudança”, afirma a enfermeira Gizele Lima.

CRIE e Fissurados

Outro serviço que irá para o novo prédio é o Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais (CRIE), que desde o ano de 2009 realiza cerca de 1.400 atendimentos por mês, entre a administração de vacinas para os recém-nascidos encaminhados pela maternidade da Santa Casa, servidores, residentes e estagiários do hospital e pacientes em situação especial, hospitalizados ou referenciados por outros serviços de saúde do SUS. 

A enfermeira, Diana Lobato, é responsável técnica pelo CRIE e considera que a localização deve facilitar bastante o acesso dos usuários. “A acessibilidade ficou facilitada, porque o prédio agora vai ficar próximo a entrada e em relação a nova estrutura física, nós ganharemos uma estrutura projetada para o serviço, bem mais adequada do que o porão onde hoje estamos localizados”, afirma Diana.

Instituído em abril de 2018, o Serviço de Referência em Fissuras e Anomalias Craniofaciais (SFAC) que tem atualmente 1.128 pacientes inscritos, também será transferido paravo novo ambulatório. Com uma média média mensal de 640 consultas ambulatoriais, a expectativa da coordenação da equipe multiprofissional do serviço também é de melhorar a estrutura para pacientes e equipe.

“A transferência do Serviço de Fissurados para o novo Ambulatório será uma grande conquista para nossos pacientes, que terão um espaço físico bem estruturado, com consultórios equipados, conforme as necessidades de cada especialidade e garantirá ainda mais conforto e tranquilidade durante a espera dos atendimentos, com ampla sala de espera e uma brinquedoteca para as crianças, que são aproximadamente 80% da nossa demanda”, afirma Deborah Costa, coordenadora da Equipe Multiprofissional do SFAC.

A equipe multiprofissional do serviço é composta por  especialistas das áreas de Cirurgia Craniofacial, Cirurgia Plástica, Neurocirurgia Pediátrica, Otorrinolaringologia, Pediatria, Odontopediatria, Ortodontia, Fonoaudiologia, Psicologia, Nutrição, Serviço Social, Enfermagem e Assistente Administrativo.

Texto de Etiene Andrade (Ascom Santa Casa)

Por Governo do Pará (SECOM)