Segurança Pública prossegue com apreensões, abordagens e prisões em Altamira

20/05/2022 21h16 - Atualizada em 21/05/2022 14h38

Desde o último dia 13, várias ações foram desencadeadas em Altamira, com o intuito de combater e inibir as ações criminosas ocorridas nas últimas semanas. Até o momento, quatro pessoas foram presas em flagrante, um mandado de prisão foi cumprido, uma arma de fogo, quatro objetos e 267 gramas de drogas apreendidas, além de 336 abordagens a pessoas, sendo cinco conduzidas às autoridades policiais para esclarecimentos.

Durante as ações, também foram removidos 24 veículos, 204 motocicletas abordadas, uma moto recuperada e 97 autos de infração lavrados. O balanço parcial foi apresentado nesta sexta-feira (20), pela  Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), que coordena as ações junto aos órgãos do Sistema de Segurança Pública (Sieds). 

O 'Núcleo provisório de Inteligência Integrado', composto pelos gestores e setores de Inteligência das Polícias Militar e Civil e Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), como parte das iniciativas de policiamento e investigação, deflagrou ainda na segunda-feira (16), a terceira fase da “Operação Xingu”, que teve reforço de policiamento e incursões para avançar nas investigações dos fato ocorridos.

Segundo o Superintendente da Regional do Xingu da Polícia Civil, o delegado Walisson Damasceno, que integra o núcleo, o trabalho continua até que todas os fatos sejam elucidados. “As diligências não vão cessar até que todos os indivíduos seja identificados e presos. Todas as forças de segurança estão empenhadas em realizar as diligências necessárias para localização dos indivíduos suspeitos. Todos os trabalhos necessários está sendo realizado pela polícia judiciária bem como as outras forças de segurança que fazem uma atuação de prevenção em relação a esses crimes”, frisou.

Mais de 70 agentes de segurança das Policiais Militar e Civil, Departamento de Trânsito do Estado, Bombeiros Militar, Grupamento Aéreo de Segurança Pública, além do Departamento Municipal de Trânsito e Guarda Municipal integram as ações desenvolvidas no município. Além disso, foram deslocadas 25 viaturas, uma aeronave e um cão guarda, durante as ações ostensivas.

Em uma avaliação, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, considera importante retornar à Altamira para mais uma etapa da operação “Xingu”, que já havia sido feita em fevereiro com resultados muito positivos. “Agora retornamos trazendo novamente paz e tranquilidade à população, com controle efetivo dos índices de criminalidade, presença policial nas ruas, resultados satisfatórios em relação a ostensividade, mas também o resultado está na resposta investigativa e também dando toda a paz que a população de Altamira e região do Xingu precisam”, apontou.

Texto: André Macedo (Ascom Segup)

Por Roberta Meireles (SEGUP)