Parceria com empresas de transmissão de energia permite expansão da rede Navegapará

26/08/2015 12h46

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa) e as empresas Linhas de Xingu Transmissora de Energia S/A (LTXE) e Linhas de Macapá Transmissora de Energia S/A (LMTE) assinaram dois importantes termos de cooperação técnica que permitirão ao governo do Estado usufruir da infraestrutura de telecomunicações já instalada para poder criar novas cidades digitais do Navegapará, interligando, por meio de fibras ópticas, escolas, hospitais e outras instituições públicas em doze municípios paraenses.

A LXTE e a EMTE são empresas que atuam na construção, operação e manutenção de linhas de transmissão de energia no Pará. Em troca de incentivos fiscais concedidos pelo governo do Pará, as empresas cederão, por 25 anos, um par de fibra óptica em cada trecho das linhas de transmissão para uso social. O titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, esclarece a importância dos acordos. “Com as parcerias, mais municípios passarão a ser beneficiados com a internet em banda larga do Navegapará. A intenção do governo do Estado é expandir esse acesso, melhorar a qualidade dos serviços públicos e ampliar o número de cidadãos beneficiados com novas cidades digitais e centros comunitários de inclusão digital.”

A previsão é de que o projeto de interligação dos municípios, por meio da construção de novas infovias do Navegapará, esteja concluído até 2016. "A oportunidade de disponibilizar acesso à rede estadual de dados para novos municípios através de fibra óptica vai ao encontro da necessidade de ampliar a integração entre as regiões paraenses com o objetivo de reduzir desigualdades", destaca o presidente da Prodepa, Théo Pires.

Infraestrutura - Com a LTXE, o Termo de Cooperação prevê a expansão do trecho entre os municípios de Tucuruí e Jurupari, totalizando aproximadamente 500 km de extensão. A partir da implantação do sistema de compartilhamento do cabo óptico, os municípios de Tucuruí, Pacajá, Anapu, Vitória do Xingu e Porto de Moz passarão a contar com conexão à internet do Navegapará e se transformarão em Cidades Digitais, com todas as vantagens que isso representa.

Já a parceria com a empresa LMTE inclui a implantação do trecho entre Oriximiná (PA) e Macapá (AP), com extensão total aproximada de 695 quilômetros, beneficiando os municípios de Oriximiná, Óbidos, Curuá, Alenquer, Monte Alegre, Prainha e Almeirim.

Por Redação - Agência PA (SECOM)