Pautas


Governo do Estado e Hydro assinam Termo de Cooperação para o projeto Usinas da Paz

Por Paulo Garcia (SEAC)
Abertura: 17/01/2020 10h00
Encerramento: 17/01/2020 11h00
Local: Palácio do Governo
Endereço: Av. Alm. Barroso, s/n
Contatos: Paulo Garcia (ASCOM SEAC) - 99359-8982

O Governador Helder Barbalho assina na manhã desta sexta-feira (17), um Termo de Cooperação com a Empresa Hydro Alunorte, para o projeto de três Usinas da Paz em áreas já atendidas pelo programa Territórios Pela Paz (TerPaz). A Hydro será representada por John Thuestad, principal executivo da operação da empresa no Brasil.

Essa parceria resultará em um investimento de 60 milhões de reais, por parte da Hydro, para a construção de três Usinas da Paz, nos bairros do Guamá, Terra Firme e Jurunas, beneficiando 220.527 pessoas. De acordo com a Secretaria de Estado de Articulação da Cidadania, o objetivo é atender mil pessoas por dia em cada usina.

Atualmente, os 35 órgãos e secretarias que participam das ações dos TerPaz, concentram suas atividades em escolas públicas, centros comunitários e delegacias dos bairros, vão passar a atender a comunidade dentro dos espaços das Usinas da Paz.

SOBRE AS USINAS DA PAZ: As Usinas da Paz (UsiPaz) serão estruturas públicas, com áreas de aproximadamente 10 mil metros, que unem o conceito de Centro Comunitário e Praça da Juventude em todos os territórios da Região Metropolitana e no interior do Estado. Estão previstas dentro da política Pública do Território Pela Paz, com a finalidade de garantir a permanência do Estado nos territórios, com ênfase na prevenção à violência, inclusão social e fortalecimento comunitário com três eixos fundamentais: Assistência, Esporte/Lazer e Cultura.

As UsiPaz terão complexos esportivos, salas de audiovisual, inclusão digital e vários serviços, como atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, ações de segurança, escola de gastronomia, espaços integrados, espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres, dança, artes marciais, musicalização e biblioteca.

Atividades que, além de democratizarem o acesso ao esporte, ao lazer e à produção cultural, concretizam a convivência comunitária e propiciam a prestação de serviços pelas secretarias estaduais envolvidas no TerPaz.