Graesp comemora Dia do Aviador e é referência em operações aéreas no Pará

Ualame Machado, secretário de Segurança Pública do Estado, compareceu ao evento do Dia do Aviador.

23/10/2019 13h20 - Atualizada em 23/10/2019 16h01

Se arriscar nos céus paraenses realizando a prevenção, na busca de criminosos ou fazendo o transporte aéreo é a missão de mais de 100 profissionais do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), que na manhã desta quarta-feira, (23) comemorou com toda a tropa o Dia do Aviador.

“Hoje estamos aqui reconhecendo e valorizando o trabalho desta equipe que atua com bravura nos céus do nosso estado em missões que vão do transporte de cidadãos, especialmente dos interiores mais distante e de difícil acesso para atendimento médico a missões especiais de ostensividade como na busca e captura de criminosos, até mesmo realizando a transferências de presos das penitenciárias”, falou o secretário de Segurança Pública do Estado, Ualame Machado.

Implantado em 2005 no Pará, que é um dos estados pioneiros nesse tipo de serviço em todo o País, o Graesp atua em todas as regiões do estado, e é responsável por operações que envolvam resgate, monitoramento e ações policiais de ostensividade e ainda em ações preventivas, como no transporte e atendimento a saúde pública, acompanhamento aéreo de grandes eventos, além de transporte a sociedade civil e atendimento as secretárias do estado.

Implantado em 2005 no Pará, que é um dos estados pioneiros nesse tipo de serviço em todo o País, o Graesp atua em todas as regiões do estado, e é responsável por operações que envolvam resgate, monitoramento e ações policiais de ostensividade e ainda em ações preventivas, como no transporte e atendimento a saúde pública, acompanhamento aéreo de grandes eventos, além de transporte a sociedade civil e atendimento as secretárias do estado.

“Buscamos realizar nossa missão com muita qualidade para atender as demandas diárias de transporte e apoio as ações do Governo e da segurança pública do estado. Sinto muito orgulho dessa tropa que trabalha de forma eficiente para cumprir com os cronogramas de voo estabelecidos e realizar um serviço com segurança”, disse o Diretor do Grupamento aéreo, Cel. Armando Gonçalves.

Para realizas as operações o Grupamento Aéreo conta com nove aeronaves próprias e duas apreendidas, sendo seis helicópteros e cinco aviões adaptados para atender as missões, sendo acionado pelo Sistema de Segurança Pública, em casos onde seja necessário buscas ou resgate de ações criminosas, além de monitoramento e acompanhamento, por via aérea, de eventos como nos jogos realizados no Mangueirão, e ainda, no Círio e nas grandes operações executadas pela segurança pública.

Atualmente, 103 homens fazem parte do Graesp em todo o Pará, sendo 56 PMs, 23 bombeiros, 8 policiais civis e 16 profissionais civis que atuam na Região Metropolitana de Belém e ainda por meio de bases instaladas nos municípios de Marabá, Santarém, Altamira e Redenção

“Nossa meta é fortalecer, cada vez mais, o grupamento com a perspectiva de aumento do efetivo, incremento das aeronaves e suporte nas bases do interior que servem a todas as localidades do estado. O Pará tem uma dimensão gigantesca e sem o serviço oferecido pelo Graesp seria impossível atender determinadas regiões que só se consegue chegar de forma aérea, por isso reconhecemos e prestigiamos,  neste dia, a importância dessa força para o nosso estado”, finalizou Ualame Machado.

Operações - Em 2019 de janeiro a 21 de outubro, o Graesp cumpriu 1192 missões, sendo 533 referentes a ações policiais, 60 aeromédicas, 78 atendimento a outros órgãos do estado e 16 atendimento para a defesa civil, totalizando 2025,1 horas de voo. As demais constituíram operações variadas do Sistema de Segurança Pública. Como o serviço abrange as principais regiões do Pará, a base de Belém atende toda a região metropolitana da capital, região das ilhas e arquipélago do Marajó.

Por Walena Lopes (SEGUP)