No Dia Mundial da Saúde, Hemopa agradece colaboradores e doadores

07/04/2020 15h46 - Atualizada em 07/04/2020 16h34
Por Anna Cristina Campos (HEMOPA)

A missão é a mesma: ajudar a salvar vidas. Mas para isso, cada profissional da área da saúde que atua na Fundação Hemopa tem o seu papel bem estabelecido para que o processo seja realizado de forma satisfatória. A dedicação de cada profissional vem desde a recepção no cadastro de pacientes, passando pela triagem de doador, algumas vezes pela assistência social, até chegar na sala de coleta, aonde é feita a doação de sangue. 

Nesta terça-feira (7), Dia Mundial da Saúde, Evellyn Ferreira, gerente da coleta de sangue, do Hemopa, garante que vivemos um momento de união de forças. "Estamos atuando com todo o apoio da Fundação Hemopa, oferecendo equipamentos de segurança para os nossos profissionais que estão na linha de frente do atendimento”, destacou. 

Somado a um cenário de pandemia que causou um abalo significativo na área da saúde de todo o planeta, Paulo Bezerra, presidente da Fundação Hemopa destaca a importância de reconhecer o mérito de quem está na linha de frente deste enfrentamento. “Neste momento de grande desafios para todos os profissionais da área da saúde, a nossa missão nunca esteve tão a prova. Graças a dedicação, responsabilidade e profissionalismo de todos, estamos conseguindo superar os obstáculos com êxito e coragem. Um especial agradecimento a todos os profissionais do Hemopa e da saúde no Estado do Pará e aos doadores que têm comparecido”.

Hemorrede

O atendimento transfusional é ininterrupto. A Fundação Hemopa atende cerca de 200 unidades hospitalares no Pará e possui unidades em nove municípios, localizadas estrategicamente, nas principais regiões do estado: Belém, Castanhal, Marabá, Santarém, Abaetetuba, Altamira, Capanema, Redenção e Tucuruí. 

A missão da Fundação é garantir da cobertura hemoterápica, hematológica e terapia celular com excelência, segurança e responsabilidade socioambiental. Incluindo a promoção do conhecimento e inovação na área do sangue, por meio dos programas de ensino. 

Após o cenário de pandemia da covid-19, a Fundação Hemopa vem traçando estratégias para manter os estoques de sangue abastecidos e assim atender a rede hospitalar de forma satisfatória. E para isso, a parceria com os hospitais, instituições públicas e privadas e sociedade de uma forma geral, é fundamental na mobilização em prol da doação de sangue. 

Todas as unidades de coleta de sangue no Pará estão obedecendo as orientações do Ministério da Saúde quanto a higiene e distanciamento social para garantir toda a segurança no processo de doação ao voluntário. A doação de sangue é segura e não oferece risco de contágio.

Clique aqui e veja a unidade de coleta de sangue mais próxima e os critérios para ser um doador de sangue