Alunos e pais vão às compras com vale-alimentação escolar

O auxílio de R$ 80 concedido pelo Governo do Estado como forma de amenizar os impactos da suspensão das aulas devido à Covid-19, deve ser utilizado exclusivamente na compra de alimentos ao aluno

29/06/2020 17h00 - Atualizada em 30/06/2020 13h48
Por Leidemar Oliveira (DETRAN)

As lojas de uma rede de supermercados de Belém registraram intenso movimento ao longo desta segunda-feira (29) de pais e alunos realizando compras com o cartão vale-alimentação escolar. O auxílio é concedido pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Educação como forma de amenizar os impactos da suspensão das aulas devido à Covid-19.O cartão que deve ser utilizado exclusivamente na compra de alimentos ao aluno tem sido providencial para milhares de famílias

Para muitas famílias, a ajuda financeira do governo é fundamental para garantir alimentação dos filhos. A dona de casa Mari Regina Nunes, de 58 anos, é mãe de dois alunos da Escola Estadual Padre Benedito. Hoje (29) ela foi ao supermercado comprar os itens da alimentação do filho de 14 anos, aluno da educação especial.

Nas cinco sacolas, a mãe levava para casa biscoitos, massa para mingau, azeite e outros produtos que o adolescente mais gosta. “Não é fácil sobreviver com um salário mínimo, tem hora que a gente não tem dinheiro e falta comida mesmo. Este cartão chegou numa boa hora”, comentou Mari Nunes.

Os avós também foram às compras. A aposentada Eliana das Mercês comprou diversos itens, principalmente frango e carne que, segundo ela, vão garantir a alimentação do neto, estudante da Escola Estadual Camilo Salgado. “Meu neto come bastante e tudo que estou levando é para ele. É uma ajuda que todo mundo precisa nesse momento”, disse a avó.Pais, avós e os próprios estudantes vão às compras satisfeitos

A satisfação foi compartilhada pelos estudantes que também aproveitaram para encher a cesta com os produtos de sua preferência. A estudante Ana Gomes é da turma da Educação de Jovens e Adultos na Escola Mário Barbosa, na Terra Firme. Satisfeita por ter conseguido realizar as compras, ela agradeceu a ajuda. “Eu estava ansiosa por esse momento, até porque não estou trabalhando e, então, é uma ajuda que se tem porque precisamos do alimento todos os dias”, declarou.

Rafela Trindade também é estudante do ensino médio e aproveitou a segunda-feira para garantir as compras da semana. Segundo ela, os itens adquiridos com o vale-alimentação, tanto na primeira recarga como na segunda, ajudam as pessoas com mais necessidade. “Ainda não tenho um trabalho, então esse cartão vai ser uma grande ajuda no complemento da minha alimentação”, afirmou a estudante.

O cartão equivale a R$ 80 e deve ser utilizado exclusivamente na compra de alimentos ao aluno.