Estado inicia licitação para construção e pavimentação da Transuruará

Diário Oficial do Estado publicou Aviso de Licitação, em 7 de agosto, para pavimentação dos 38 primeiros Km da rodovia, no trecho do entroncamento da BR-230, em Uruará, até o entroncamento da PA-370 (rio Tutuí)

11/08/2020 12h51 - Atualizada em 11/08/2020 15h52
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

Estratégica para a consolidação do polo de beneficiamento do cacau na região de Integração do Xingu, com destaque para o município de  Medicilândia, a rodovia Transuruará será construída e pavimentada, ainda este ano, pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setran).Governo vai construir e pavimentar a Transuruará este ano

O Aviso de Licitação para pavimentação dos 38 primeiros quilômetros da rodovia, no trecho do entroncamento da BR-230, município de  Uruará até o entroncamento da PA-370 (rio Tutuí), está publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 7 de agosto de 2020.

O investimento será superior a R$ 48 milhões, recursos oriundos do Projeto  de Desenvolvimento e Integração Regional (Prodeir), que vai destinar mais de R$ 800 milhões para obras de infraestrutura em seis Regiões de Integração do Pará.

Secretário de Transportes, Pádua Andrade afirma que “os avisos de licitação  estão sendo publicados quase que diariamente para dar celeridade aos processos burocráticos, e assim garantir que os  benefícios cheguem mais rápido aos municípios, que tanto lutaram para ter essas melhorias nas suas malhas rodoviárias estaduais”.

A Setran também irá construir outro trecho de 38 quilômetros da Transuruará. Será o Lote 2, indo do Entroncamento da BR 230 (Uruará), entroncamento da BR-370, também no rio Tutuí. Ainda pelo Prodeir serão feitos a construção e pavimentação de dois trechos da PA 370, os dois de 34,50 quilômetros, que vão do Entroncamento da Transuruará até a Usina de Curuá-Una, em Santarém.

Haverá ainda a construção de duas pontes na região do Xingu. A primeira na Transuruará, sobre o rio Tutuí, com 50 metros de extensão e a outra na PA 370, sobre o rio Curuá-Una, no município de Santarém, pertencentes a Região de Integração do Baixo Amazonas.