Pará aplicará mais de R$3 bilhões em infraestrutura de transportes

15/09/2020 16h42 - Atualizada em 16/09/2020 10h39
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

O volume de recursos e os grandes projetos de infraestrutura de transportes estarão em debates em palestra com a participação do titular da Setran, Pádua Andrade.

“Os Desafios da Expansão e do Desenvolvimento da Infraestrutura do Estado do Pará é tema da palestra que o titular da Secretaria de Estado de Transportes, Pádua Andrade, participará no dia 17 para detalhar para o setor produtivo paraense o volume de investimentos no setor de infraestrutura de transportes no Estado no quadriênio 2019/2022.A palestra é uma realização do Clube de Engenharia do Pará (CEP) e ocorrerá às 18h30, no  auditório do  Clube de Engenharia do Pará.    

Pádua Andrade vai destacar o projeto do governo Helder Barbalho para vencer o desafio de superar o déficit de infraestrutura de transportes encontrado no início do governo. O Governo do Estado do Pará possui uma malha rodoviária com 7.701,17 km, sendo 3.654,25 km pavimentados (47,5%) e 4.046,92 km não pavimentados (52,5%).

Além da conservação e expansão das rodovias, o Governo do Estado também realiza a manutenção de pontes. Ao todo, são 1.368 pontes, numa extensão total de 111,6 mil metros em pontes, sendo 45,9% em concreto/misto, 49,6% em madeira e 4,5% em obras “Será feito um investimento nunca feito na história do Estado do Pará. Para se ter uma ideia, em 2019 foram investidos  mais de R$ 497 milhões. Este ano já foram executados mais  de R$ 361 milhões, e ainda serão  mais de R$ 366 milhões. Temos ainda a licitar quase R$ 2 bilhões, totalizando mais de 3 bilhões em obra de infraestrutura de transportes no Pará até o final do governo Helder Barbalho”, destaca Pádua.

Projetos - Entre os projetos que vão alavancar a infraestrutura de transportes no Estado do Pará está  o Prodeir (Projeto de Desenvolvimento e Integração Regional do Estado do Pará), que vai pavimentar 478,5 km de rodovias em seis regiões de integração do Pará e vai construir 1.271 m de pontes em concreto em regiões estratégicas para o incremento da logística paraense.

Concessões - Outro grande projeto que está sendo finalizado pela Setran é a concessão da rodovia PA-150, 525,5 Km, que irá ampliar da oferta de infraestrutura, e possibilitar a melhoria dos serviços prestados à sociedade. Segundo Pádua Andrade, no projeto estarão inclusas as seguintes rodovias: PA-150: Entroncamento de Morada Nova até  Goianésia do Pará, PA-475, Entroncamento da PA-150/256 até a PA-252; PA-252, Entroncamento PA-475 até a PA-151; PA-151,Entroncamento da  PA-252 até a PA-483/Alça Viária; PA-483, no entroncamento do Porto Vila do Conde até PA-151/Alça Viária; Alça Viária, no entroncamento da PA-151/483 até a  BR-316.

Projeto de Construção da Rodovia Liberdade - Também estará em debate durante as duas palestras a construção da Rodovia Liberdade, uma rodovia expressa, sem obstáculos e dispositivos de redução de velocidade, e com seu perímetro fechado com barreiras fixas, “uma alternativa de fluxo para quem hoje utiliza a BR-316 e que traria como benefícios maior conforto e segurança ao deslocamento de pessoas entre o interior do estado e sua capital, fomentando, inclusive, o turismo regional”, explica Pádua.