Terceira edição do Curso de Cartografia e Navegação Terrestre forma mais 20 militares

Voltado a oficiais e praças do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, o curso capacita para ações na água e em áreas de mata

17/09/2020 18h41 - Atualizada em 18/09/2020 00h10
Por Leandro Barreto (CBM)

Mais 20 militares concluíram o Curso de Cartografia e Navegação Terrestre (CCNT/20). A solenidade de formatura dos concluintes dessa terceira edição do curso ocorreu no 1°Grupamento de Busca, Resgate e Salvamento, localizado na Rodovia Arthur Bernardes, em Miramar (Belém), promovida pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, na última segunda-feira (14).

A qualificação consta do Edital n° 001-2020/Diretoria de Ensino, autorizado pelo Conselho de Ensino Superior da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), e visa tornar militares especialistas nas atividades referentes à “cartografia e navegação terrestre, com apanhado aéreo e fluvial”.Os concluintes da terceira turma do curso estão aptos a missões aquáticas e terrestres

O curso foi realizado no período de 31 de agosto a 14 de setembro, com carga horária total de 80 horas/aula, distribuídas por seis disciplinas, abrangendo variadas áreas de atuação. A grade curricular é voltada exclusivamente às atividades de desenvolvimento técnico e científico peculiares.

O CCNT/20 contou com 22 militares inscritos, entre oficiais e praças do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, dos quais 20 concluíram - 16 do CBM e quatro da PM -, oriundos de quartéis da Região Metropolitana de Belém.

Conhecimento - O Curso de Cartografia e Navegação Terrestre foi criado em 2006, no 1°Grupamento de Busca e Salvamento. Após seis anos foi realizada a segunda edição. Em ambas as edições, os militares tiveram a oportunidade de aprender conceitos da cartografia e de orientação em meio terrestre e aquático.

Segundo o coronel BM Reginaldo Pinheiro, comandante Operacional do Corpo de Bombeiros, a qualificação da tropa é sempre importante. "Sem dúvida, essa participação do 1°GBS em mais essa nivelação se dá em cumprimento a um plano estratégico. Este é apenas um dos cursos executados pelo Grupamento. Outros estão sendo apresentados pela tenente-coronel Samara Carvalho, comandante do Grupamento, com apoio da Diretoria de Ensino e Instrução, e submetidos ao Estado-Maior Geral do CBM".A formatura ocorreu no 1°Grupamento de Busca, Resgate e Salvamento

Sobre o Curso de Cartografia e Navegação Terrestre, o comandante ressaltou que "o uso das geotécnicas é muito importante pra nós, do CBM, pois estamos presentes tanto na água quanto nas matas, e em várias situações em que precisamos de uma orientação cartográfica para poder executar nossas missões com mais eficiência".

A tenente-coronel Samara Carvalho, coordenadora-geral do curso, informou que “foram duas semanas de dedicação. Cada militar trouxe consigo um sentimento único, a realização de um sonho, em busca de mais conhecimentos técnicos, de uma especialização diferenciada”.

Também participaram da cerimônia o coronel BM Marlon, representando o diretor do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp); o tenente-coronel Eduardo Celso, diretor de Ensino e Instrução; tenente-coronel PM Aleixo, comandante do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA); tenente-coronel PM Carlos Cruz, subdiretor de Apoio Logístico da PM e outros oficiais do Corpo de Bombeiros.