Em Belém, 'ParáPaz Mulher' amplia rede de atendimento às mulheres vítimas de violência

09/03/2021 16h49 - Atualizada em 09/03/2021 17h27

Com o objetivo de ampliar os atendimentos às mulheres que sofrem com a violência doméstica e levando em consideração sua missão integradora, a unidade ParáPaz Mulher, da Fundação ParáPaz, agrega em sua estrutura o Poder Judiciário, composto pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJ/PA), que na manhã de terça-feira (09) reativou a sala de Acolhimento Multidisciplinar das Varas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da capital, que já está em pleno funcionamento, de 09h às 15h. 

“A ideia do acolhimento integral é que nós possamos ter em um único local uma equipe intersetorial pra dar suporte à mulher desde a sua entrada e todo o acompanhamento interno. Então, a presença do Tribunal de Justiça é importantíssima, já que tudo o que vai ser realizado a nível de psicossocial e pela polícia judiciária, vai desaguar no poder judiciário, pelas medidas protetivas de urgência, por acompanhamento processual e por requisições em geral”, avaliou o presidente da Fundação ParáPaz, Alberto Teixeira.

O ParáPaz Integrado é, hoje, o principal serviço público estadual especializado no atendimento às vítimas e oportuniza que elas encontrem todos os serviços que necessitam em um único espaço, onde oferece acolhimento especializado, qualificado e humanizado para a redução dos danos físicos e psíquicos causados devido à agressão, abrindo um caminho de confiança e referência para recebê-las, de maneira a promover sua cidadania, evitar sua revitimização e garantindo seus direitos.

A instalação da equipe técnica e administrativa foi acompanhada pela presidente do Tribunal de Justiça do estado do Pará, a Desembargadora Célia Regina de Lima Pinheiro, que afirmou: “É uma causa belíssima. A gente precisa abraçar mesmo, com o coração e com a alma. É enriquecedor o trabalho desenvolvido aqui e trabalhar em parceria é muito importante para que as mulheres presas no ciclo da violência consigam romper, recebendo o auxílio necessário de todas as partes. Ficamos super felizes pelo novo espaço”. 

Serviço – Os atendimentos de atenção às mulheres vítimas  de violência doméstica funcionam no prédio da ParáPaz Mulher, localizado na Tv. Mauriti, 2393, juntamente com a Delegacia da Mulher (DEAM), através da Polícia Civil; CPC Renato Chaves; Ministério Público; Defensoria Pública e Polícia Militar (Patrulha Maria da Penha). 

Por Nathalia Mota (PARAPAZ)