Banpará vai abrir novas inscrições para beneficiários da 3ª categoria do auxílio de R$ 500

Os profissionais que finalizaram o cadastro não precisarão refazer a inscrição

28/03/2021 20h43 - Atualizada em 28/03/2021 21h14

Cerca de 40 mil profissionais das áreas de estética, barbearia, manicure e pedicure, maquiador e cabelereiro já se inscreveram neste domingo (28), para receber o benefício emergencial do Governo do Pará no valor de R$ 500. O programa foi criado para minimizar os impactos financeiros causados pela pandemia da Covid-19 no Estado e faz parte do pacote econômico e tributário de R$ 500 milhões.

Devido a essa alta demanda, que ocasionou instabilidade no sistema, o Banco do Estado do Pará (Banpará) informou que, nas próximas 72 horas, vai abrir um novo calendário de inscrições para os beneficiários referente a 3ª categoria. São eles: barbeiros, cabeleireiros, esteticistas, manicures, pedicures e maquiadores. Os profissionais que finalizaram a sua inscrição não precisarão refazê-la. O banco reiterou que técnicos da Prodepa e do Banpará trabalham para reforçar a capacidade de recepção de novas inscrições.

O benefício será pago em cota única a partir do dia 1º de abril, conforme o cronograma do Banpará, no valor de R$ 500 para as seguintes categorias neste primeiro momento: cabeleireiro, barbeiro, esteticista, guia de turismo, maquiador, manicure, garçom, instalador de som em aparelhagens, DJ, assistente de palco, operador de áudio, técnico em iluminação, músico intérprete e educador físico autônomo.

“O Governo trabalha de forma persistente, sem medir esforços, para que todos tenham acesso ao benefício e prioriza sempre mais medidas que minimizem os impactos financeiros ocasionados pela pandemia, pois o Estado entende as necessidades da população neste momento delicado que requer a devida atenção", ressaltou a titular da Secretaria de Planejamento e Administração, Hana Ghassan.

“Eu entrei 9h e não foi fácil. Tentei por todos os endereços. Reiniciei várias vezes o processo. Quando abri a parte do cadastro ainda demorei porque o cadastro não finalizava. Me deu medo porque fiquei parada quase a pandemia toda e precisava desse auxílio. Apesar de ter ficado parada agora, eu entendo que é visando a nossa saúde, das nossas famílias também e dos clientes. Consegui finalizar tudo 11h15. Esse benefício é importante porque vai me ajudar a manter agora que a demanda de clientes não está tão boa, além de me ajudar na compra de materiais. Agradeço muito ao Governo por essa ajuda para nossa área”, disse Tatiana Pother, profissional da área de estética.

A maquiadora e esteticista Adrieli Lorrani Garcia comentou sobre as dificuldades que passa sem poder realizar atendimentos e de que forma o benefício a ajudará neste momento. "Agradeço ao Governo por nos ajudar com essa renda, pois, com a pandemia, passamos por várias dificuldades. O Renda Pará também vai nos ajudar muito a prosseguir. Se Deus quiser passaremos por essa fase e logo estaremos atendendo sem muitas dificuldades", comentou.

Pacote Econômico – Os benefícios integram o pacote econômico e tributário, no valor de R$ 500 milhões, anunciado no dia 15 de março pelo governador Helder Barbalho. O Decreto Estadual nº 1.392, de 19 de março de 2021, que institui o benefício emergencial a trabalhadores de diversos segmentos diretamente afetados pela crise sanitária, foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 19 de março de 2021.

Por Luana Taveira (SEPLAD)