Santa Casa recebe doação de ambulância do programa Craques da Saúde, da CBF

A unidade foi classificada como Hospital de Referência para atendimento da doença pela Sespa

07/04/2021 11h44 - Atualizada em 07/04/2021 12h40
Por Giovanna Abreu (SECOM)

Com o objetivo de homenagear os profissionais de saúde brasileiros por toda a dedicação na linha de frente do combate à Covid-19, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em parceria com a Fiat, por meio do programa Craques da Saúde, realiza a doação de 27 ambulâncias para todas as unidades federativas do país.

No Pará, a Fundação Santa Casa de Misericórdia a unidade foi classificada como Hospital de Referência para atendimento da doença pela Sespa. A entrega simbólica ocorreu na manhã desta quarta-feira (7), no Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp).

O governador do Estado, Helder Barbalho, participou da cerimônia de entrega da ambulânciaO governador do Estado, Helder Barbalho, que participou da cerimônia, valorizou o gesto da CBF pela sensibilidade e responsabilidade social, por compreender que esta importante instituição para o país possui um olhar que vai além do futebol, e alcança a saúde da população, integrando a luta de combate à doença.

“Esta é uma parceria muito importante, que valorizamos e desejamos que se multiplique. Reforçamos a importância de fortalecer esse espírito único de união em favor da saúde e da vida de todos os brasileiros”, ressalta.

Segundo o titular da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Rômulo Rodovalho, essa iniciativa é muito importante por colaborar com os esforços do Estado para superar a pandemia. “A Santa Casa foi a unidade hospitalar escolhida por ter sido essencial no combate em 2020 e também agora em 2021. Essa entrega representa mais um incremento para continuarmos na luta de combate ao novo coronavírus e depois a ambulância ficará disponível para a população em geral”, afirma o secretário.

Bruno Carmona, presidente da Santa CasaO presidente da Santa Casa, Bruno Carmona, reforça que, desde o início da pandemia da Covid-19, a unidade foi classificada como Hospital de Referência para atendimento da doença pela Sespa. “Por se tratar do maior hospital público que atende pacientes do SUS no Estado, nós alcançamos um quantitativo muito grande de pacientes recuperados, o que representa um resultado muito satisfatório para nós. Essa é uma importante doação para que a gente atenda cada vez melhor a nossa população”, ressalta.

De acordo com o presidente da Federação Paraense de Futebol, Adelson Torres, o programa surge para somar aos esforços de todos os profissionais de saúde e do Governo do Estado nessa luta. “Essa doação vem somar com as outras ambulâncias que já existem na rede pública de saúde estadual disponibilizadas ao combate à pandemia e auxiliará o transporte de quem precisa, garantindo mais agilidade no tratamento”, assegura.

APOIO AO ESPORTE

Mesmo diante da pandemia da Covid-19, o Governo do Estado segue investindo no esporte paraense. O Campeonato Paraense de Futebol 2021, por exemplo, que é transmitido com exclusividade pela Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), tem como patrocinador principal o Banpará, o que representa um investimento de R$ 8,327 milhões na competição

Os recursos serão destinados para organização da competição, pagamento dos direitos aos clubes participantes, além de custeio das premiações aos quatro primeiros colocados. Pela primeira vez na história, a transmissão dos jogos irá alcançar todos os clubes. Serão 37 jogos televisionados.

Em fevereiro de 2021, o governador Helder Barbalho assinou a ordem de serviço da reconstrução e modernização do Mangueirão, com orçamento previsto de R$ 146.983.028,29 (Cento e quarenta e seis milhões novecentos e oitenta e três mil, vinte e oito reais e vinte e nove centavos). Obra ampliará de 35 mil para 55 mil a capacidade de público, e a expectativa é de que a praça esportiva seja entregue em 2022.