Fundação Santa Casa presta homenagem aos seus profissionais no Dia da Enfermagem

O Hospital homenageou os seus profissionais pela data dedicada à categoria nesta quarta-feira (12)

12/05/2021 15h06 - Atualizada em 12/05/2021 15h55

Equipe de enfermeiras da Fundação Santa Casa com brindes recebidos das mãos da enfermeira Benedita Martins, nesta quarta-feira (12) A direção e gerência geral de Enfermagem da Fundação Santa Casa preparou uma programação especial para homenagear seus profissionais nesta quarta-feira (12), Dia Internacional da Enfermagem e do Enfermeiro. Os enfermeiros e técnicos de enfermagem representam o maior contingente de profissionais na Santa Casa (44%).

Gerente de Enfermagem da Fundação, Benedita Rodrigues destaca que dentro do contexto da saúde, é público e notório a participação na prestação do cuidado, baseado no princípio de que o cuidar do ser humano exige, que o entendamos como um ser completo, daí a enfermagem ser a ciência e a arte do cuidar.

“Hoje é o dia do enfermeiro, por isso, estamos entregando esses brindes como forma de retribuir toda a dedicação e o compromisso desses 395 profissionais que compõem a equipe de enfermagem da Fundação Santa Casa do Pará. (Estamos) dizendo a eles o quanto são importantes na prestação de cuidados aos pacientes. Com utilização de métodos científicos, a enfermagem prescreve e faz toda a sistematização da assistência planejando a forma como esse cuidado vai ser prestado ao paciente”, disse a gerente de Enfermagem do hospital. 

A enfermeira, Eliana Moura, em conversa com uma parturiente. Ela é professora da Uepa e tem 34 anos de atuação na Santa Casa.Benedita Rodrigues explicou, ainda que há prerrogativas que respaldam que o enfermeiro assuma papel decisivo na promoção, prevenção, prestação e recuperação da saúde da população. "Isso nos torna importantes protagonistas dos sistemas de saúde, ao definirmos os processos de cuidado”, frisou ela.

“Fazer o atendimento adequado é o nosso objetivo e o trabalho desses profissionais é fundamental para a qualidade da saúde dos pacientes e usuários da Santa Casa. E mais ainda, em tempos da pandemia, o trabalho na linha de frente desses profissionais será sempre reconhecido”, afirmou o presidente da Fundação Santa Casa, Bruno Carmona.

Moradora do bairro da Pedreira, em Belém, Quezia Tavares Lobão, 26, deu à luz uma menina de 1.370 kg, na manhã desta quarta-feira (12). “Acordei toda ensopada, já estava perdendo líquido, mas não estava sentindo dor. Só senti dor nas últimas contratações, que foi quando subi para cá, e quando cheguei aqui a psicóloga me falou para eu não me preocupar, pois seria atendida por uma equipe multidisciplinar altamente qualificada para prestar o melhor atendimento possível às pacientes".

"Na hora do meu parto, fui super bem tratada por todos os enfermeiros, técnicos e médicos. Foi uma assistência perfeita, até falei para a minha família que amei ter a minha filha aqui. Não pensava que seria desse jeito, foi perfeito e por isso quero parabenizar os enfermeiros pelo seu dia. É a coisa mais maravilhosa a gente chegar no hospital e ser aconselhada, bem atendida e bem cuidada. Por isso, quero desejar um feliz dia dos enfermeiros e que Deus abençoe essa profissão para que continuem cuidando das outras pessoas”, afirmou a jovem Quezia Lobão.

A enfermeira Eliana Moura, que é professora da Universidade Estadual do Pará (Uepa), dedica grande parte de sua história de vida à Santa Casa. Ela é a profissional da área com maior tempo de trabalho na Instituição. São 34 anos na assistência. “A enfermagem me remete a sentimentos, à partilha, à empatia e à arte do cuidar. A enfermagem é uma ciência, é uma profissão que você traz sempre o cuidar do outro e muitas vezes a doação ao outro”.

“Você se torna um profissional quando obedece todos os critérios e depois você faz uma travessia dentro da sua vida profissional e aí você tem um misto de emoções, quando se depara com os melhores sentimentos de amor, de alegria. Eu trabalho na área de obstetrícia, onde se trabalha com o nascimento, aí você se revela quando você vê a felicidade do outro”, disse a enfermeira Eliana Moura.

"Ser enfermeiro, eu sempre digo, aos meus alunos, a enfermagem é a arte do cuidar. Você se doa. Depois de uma grande jornada de trabalho, você chega em casa com a sensação do dever cumprido. Tudo o que eu pude fazer em prol dos meus pacientes foi feito, então a enfermagem é a arte do cuidar”, acrescentou Eliana.  

PROGRAMAÇÃO

Dia 12/05 – Homenagem aos enfermeiros com a entrega de brindes, nos turnos da manhã, tarde e noite;

Dia 13/05 – Lançamento do Vídeo Institucional em homenagem aos profissionais de enfermagem;

Dia 14/05 – 10h, Auditório – Solenidade de posse da Comissão de Ética de Enfermagem da Fundação Santa Casa. Conferência Magna: O Código de Ética do Profissional de Enfermagem, com foco nas mídias sociais – doutora Danielle Cruz, presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Pará (Coren).

Dia 15/05 – 10h, Live sobre o protagonismo profissional de enfermagem e a acreditação hospitalar, com a enfermeira Drielly Costa;

Dia 17/05 – 09h, Corredor de Aplausos (Corredor Central do Prédio Centenário) – Homenagem a Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem;

Dia 20/05 – Dia do Técnico de Enfermagem, com entrega de brindes nos três turnos de funcionamento do hospital.

Por Governo do Pará (SECOM)