Servidores do Igeprev marcam presença em doação no Hemopa 

Caravana Solidária é uma ação contínua do Instituto e a cada edição conta com a adesão de novos participantes

23/06/2021 16h50

Servidores do Instituto de Gestão Previdenciária do Pará( IGEPREV) se uniram em uma mobilização pela vida na manhã desta quarta-feira (23). O grupo, de 10 pessoas, estendeu o braço para esperança, doando sanguena sede do Hemopa, em Belém.

Um dos doadores, Cássio Belizário, analista de investimento do Igeprev, disse estar feliz por participar da ação solidária. “Falar sobre doação de sangue, para mim, é falar sobre uma questão familiar. Eu comecei a doar sangue por necessidade de uma tia que precisava de um órgão para transplante. Então, muita gente da minha família começou a se mobilizar e sensibilizar em relação à doação".

A pandemia atingiu em cheio a rotina nos hemocentros no país. Em Belém, o Hemopa registrou queda de 30% no número de doações. Atualmente, a média diária de coleta não ultrapassa 160 bolsas de sangue, que abastecem 120 hospitais da rede pública e privada em todo o estado. Daí a importância de parcerias, como essa com o Igeprev. “Só assim não sentimos uma queda maior no número diário de coletas porque a necessidade diária de transfusões não diminuiu, pelo contrário, até aumentou”, declarou a assistente social do Hemopa, Cida Salgado.

A Caravana Solidária é uma ação contínua do Instituto e a cada edição ganha mais participantes. "A Caravana Solidária permite que os servidores possam ajudar pessoas que precisam das doações de sangue. Além de exercitar os valores da solidariedade, empatia e compaixão, pois deriva da iniciativa voluntária dos servidores. Ao fazer esse gesto, além de dar esperança de vida e de saúde, em uma única doação, você pode salvar até quatro vidas. O Igeprev busca contribuir para que mais pessoas possam ser beneficiadas com as doações dos servidores", enfatizou Ana Carolina Henriques Santalices, da Coordenadoria de Desenvolvimento de Pessoas (CODP) do Instituto.

“Podem doar sangue pessoas de 16 a 60 anos, com peso a partir de 50 kg, em bom estado de saúde e que tenham solidariedade no coração”, informa a gerente de captação de doadores do Hemopa, Juciara Farias. Ela alerta ainda que em decorrência da pandemia, pessoas que tiveram COVID-19 só devem realizar a doação após 30 dias do último sintoma e quem teve contato com pacientes,  após 14 dias. “Quem já teve a  oportunidade de ser vacinado e recebeu o imunizante da Coronavac, após dois dias já pode doar. Os que receberam  doses da AstraZeneca ou Pfizer, precisam esperar 7 dias”.

Juciara elogiou a iniciativa dos servidores do Igeprev e agradeceu a colaboração para o aumento do estoque de sangue do Hemopa. “Essa corrente de solidariedade em período de pandemia precisa ser fortificada", reforçou.

Por Cácia Medeiros (IGEPREV)