Estação de Tratamento de Esgoto Una, em Belém, tem cerca de 70% da obra concluída

08/09/2021 14h13 - Atualizada em 08/09/2021 14h20

Governo do Pará avança com a obra da ETE Una para o atendimento de aproximadamente 90 mil habitantes da capital paraenseA obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Una, em Belém, do Governo do Estado, por meio da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), segue em andamento para ampliar o serviço de esgotamento sanitário na capital do estado. Até o momento, 69,71% dos serviços foram concluídos, no empreendimento que atenderá cerca de 90 mil habitantes e terá capacidade de tratar 475 litros de esgoto por segundo. 

“Estamos trabalhando na área do tratamento biológico com a implantação do reator UASB (Ufplow Anaerobic Sludge Blanket), com execução de 98% da estrutura de concreto e 90% da montagem dos equipamentos hidromecânicos. Na área do tratamento fisicoquímico, cerca de 90% da estrutura de concreto já está pronta e foram concluídos os dois tanques de cloreto férrico, sistema de flotação e raspagem de lodo, sistema de inertização de logo, peneira rotativa e sistema de queima de biogás, o que corresponde a 80% do total previsto para esta área”, explicou o engenheiro Armando Machado.   

A obra ficou com o projeto parado durante cinco anos e foi retomada pela nova gestão estadual em novembro de 2019. A primeira etapa da Estação de Tratamento de Esgoto Una é uma obra muito importante para a capital. 

Serão implantadas unidades de tratamento preliminar com gradeamento, peneira e caixa de areia; reator anaeróbio UASB – da sigla em inglês, Ufplow Anaerobic Sludge Blanket, tecnologia utilizada para tratamento biológico de esgoto para decomposição anaeróbica da matéria orgânica; câmaras para tratamento físico-químico e desinfecção do efluente. Está prevista a implantação de outro reator futuramente, na segunda etapa, para ampliar a Estação e atender à vazão final da unidade.

TRATAMENTO

O investimento de mais de R$ 84 milhões no empreendimento garantirá o devido tratamento sanitário de esgotos das áreas centrais de Belém. A previsão é de que a obra seja concluída no segundo semestre de 2022.

Por Tayná Horiguchi (COSANPA)