Pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores estaduais inicia no dia 5 de outubro 

Benefício será pago nos dias 5, 6 e 7 de outubro para 147 mil servidores, ativos e inativos, injetando mais de R$ 407 milhões que contribuirão para o aumento da renda

13/09/2021 12h58 - Atualizada em 13/09/2021 13h18

O governador Helder Barbalho anunciou nesta segunda-feira (13) juntamente com a secretária de Planejamento e Administração, Hana Ghassan, a antecipação da metade do 13º salário para o início do mês de outubro. A medida só foi possível graças ao trabalho executado pela atual gestão, que consolidou o equilíbrio fiscal e obteve bons indicadores de arrecadação, o que gera menos custo com a máquina pública. 

O benefício será pago nos dias 5, 6 e 7 de outubro para 147 mil servidores, ativos e inativos, injetando mais de 407 milhões de reais que contribuirão para o aumento da renda e, consequentemente, movimentando o cenário econômico local. 

“O adiantamento traz o beneficio para 147 mil pessoas e com isto injetando em nossa economia 407 milhões de reais, ajudando os nossos servidores, valorizando os servidores ativos e inativos, antecipando este benefício injetamos recursos em nossa economia, fazendo com que a geração de emprego e renda possa ampliar no nosso estado. Parabéns a toda equipe do Governo pelo equilíbrio fiscal, que permite com que, desde 2019, nós estejamos antecipando o 13º no período do Círio”, disse Helder Barbalho. 

O equilíbrio fiscal conquistado pelo Governo do Pará permite, pela terceira vez, que 50% dos valores sejam pagos no início do mês de outubro, o que antes era praticado apenas próximo ao período natalino. 

“Buscamos sempre obter melhorias no serviço público para alcançar mais avanços na prestação de serviço à sociedade e a busca pela valorização do funcionalismo público. A antecipação da metade do 13º salário é o resultado do trabalho da gestão, que prioriza e reconhece o papel do servidor, e isso aconteceu com o controle das contas públicas, em especial as despesas com pessoal, o que permite a medida e também um bom planejamento e bom controle dos gastos, que é essencial”, ressaltou Hana Ghassan.

Confira o calendário de pagamento: 

Dia 05 (terça-feira) – Inativos militares e pensionistas civis/ militares e inativos civis e pensões especiais/ Seplad.

Dia 06 (quarta-feira) –  Auditoria-Geral, Casa Civil, Casa Militar, Defensoria Pública, Gabinete da Vice-Governadoria, Procuradoria-Geral, Sedap, Sectet, Seplad, Sefa, Semas, Secult, Seel, Sedeme, Sejudh, Sedop, Sespa, Seaster, Setran, Secom, Setur, NGTM, NEPMV, NGPR e SEAC, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar, Segup, Seap, Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, Hospital Ophir Loyola, Fundação Hemopa, Fundação Santa Casa, Adepará, Arcon, Asipag, Codec, Ceasa, Cohab, CPC Renato Chaves, Detran, Emater, EGPA, FCG, FCP, Fasepa, Funtelpa, Fapespa, Imetropara, Iasep, Igeprev, IOE, Iterpa, Jucepa, Prodepa, Uepa, Ideflor-Bio, CPH e Fundação Parapaz.

 Dia 07 (quinta-feira) – SEDUC (capital e interior).

Por Luana Taveira (SEPLAD)