Funtelpa e Secretaria de Comunicação realizam visita técnica às obras das Usinas da Paz

A Secom e a a Fundação Paraense de Radiodifusão têm projetos de interação social relevantes a partir da produção de audiovisual, entre outros recursos

24/09/2021 15h32 - Atualizada em 24/09/2021 15h51

A obra da Usina da Paz do Icuí-Guajará, em Ananindeua, segue em ritmo acelerado e já está na reta final. Na manhã desta sexta-feira (24), representantes da Diretoria das Usinas da Paz, da Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa) e da Secretaria de Comunicação (Secom) estiverem no canteiro de obras da Usina com o intuito de realizar os últimos ajustes e analisarem os espaços que serão usados pelos órgãos.

"A Funtelpa e a Secom têm projetos de grande impacto junto aos jovens e à população, em geral, dos territórios. São projetos que envolvem a mídia, audiovisual, que trabalham a autoestima e também que criam empregabilidade e profissões. Nós ficamos muito felizes com a ida do presidente da fundação, Hilbert Nascimento, a jornalista Vanessa Vasconcelos e a sua equipe e também o diretor de Comunicação Comunitária da Secom, Fábio Ribeiro. Foi uma visita de extrema importância para que eles pudessem fazer o alinhamento final, já que a obra da Usina da Paz do Icuí, está entrando na reta final”, informou o diretor das Usinas da Paz, coronel Marcos Lopes.

O presidente da Funtelpa, destacou a importância deste projeto grandioso do governo do Estado do Pará. "Essa obra é fantástica, aqui estamos vendo um sonho sendo realizado, que é mais do que a criação de uma ferramenta, é um equipamento que vai gerar oportunidade, chances para as pessoas, sobretudo os jovens que vão poder desenvolver os seus dons. No nosso caso, o da comunicação, já realizamos ações dentro do programa Territórios pela Paz e, aqui nas Usinas, nós vamos ter a produção de audiovisual para todos esses alunos. Eles vão aprender a como manusear as ferramentas da radiodifusão, televisão, rádio e redes sociais", afirmou o presidente da Funtelpa, Hilbert Nascimento.

A Usina da Paz é um projeto integrado ao programa estadual Territórios Pela Paz (TerPaz), elaborado pelo Governo do Pará e coordenado pela Seac, em parceria com a iniciativa privada. A meta do Estado é a construção de 10 Usinas, entre a Região Metropolitana de Belém e a região sudeste paraense.        

O diretor de Comunicação Comunitária da Secom, Fábio Ribeiro, falou sobre os serviços que vão ser realizados na Usina. “Hoje durante a visita realizada com a Funtelpa, podemos verificar os espaços para ver a possibilidade das instalações técnicas, equipamentos, laboratório e estúdio que vão ser compartilhados entre a fundação e a secretaria. Além disso, a Secom também vai promover oficinas em 17 áreas da comunicação comunitária e, futuramente, num estágio mais avançado, os alunos poderão também usar esse laboratório e estúdios’’, concluiu o diretor.

As obras da Usina do Icuí-Guajará são executadas em parceria com a mineradora Vale, por meio de um termo de cooperação. O Estado não recebe nenhum recurso financeiro. A Usina será entregue ao governo pronta e equipada.

Após essa visita, a equipe da Funtelpa foi visitar as obras da Usina da Paz de Nova União, em Marituba, que também está em ritmo acelerado. As UsiPaz serão complexos de promoção da cidadania, com espaços para atividades esportivas; salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança; capacitação técnica e profissionalizante; espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade.

Também haverá espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca.

Por Elizabeth Teixeira (SEAC)