Gestores da Seduc visitam Usina da Paz no Icuí-Guajará, em Ananindeua

A obra, que está na fase de conclusão, também vai oferecer alfabetização de adultos, aulas de música e reforço escolar

06/10/2021 21h00 - Atualizada em 06/10/2021 23h51

Uma comissão formada por integrantes da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) esteve, na tarde desta quarta-feira (06), na Usina da Paz do Icuí-Guajará, em Ananindeua (Região Metropolitana de Belém). O objetivo da visita técnica, coordenada pela secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, foi conhecer o espaço onde os servidores da Seduc receberão jovens e adultos acolhidos pelos projetos educativos proporcionados pela instituição.Servidores da Seduc que conheceram as instalações da UsiPaz do Icuí-Guajará

“A Seduc, sem dúvida nenhuma, é uma grande parceira neste belo projeto de desenvolvimento social. Ninguém transforma nada sem educação, e esse é um governo que acredita no poder transformador da educação. Aqui nós iremos ofertar a alfabetização de adultos, vamos ter aulas de música, de reforço. Vamos trabalhar projetos para as mães dos nossos alunos. Também estaremos atuando nas atividades escolares e paralímpicas”, pontuou Elieth de Fátima Braga.

É justamente o esporte uma das prioridades do programa. Uma parte expressiva da estrutura montada pelo Governo do Pará vai oferecer, de forma gratuita, o acesso ao esporte de qualidade, explicou Markley Lima, coordenador de Esporte e Lazer da Seduc. “Aqui encontramos áreas poliesportivas inéditas em nossa região. Um acesso da população que não havia antes. Com isso, nós, sem dúvida, vamos passar a descobrir novos atletas. Na área do desporto escolar, tanto o olímpico quanto o paralímpico, com certeza nós vamos crescer e muito. São áreas que nós não tínhamos. Então, muitas crianças deixavam de praticar um esporte porque não tinha local. Também nos referimos aos jovens e adultos atletas PcDs, pois a estrutura está totalmente inclusiva”, afirmou Markley Lima.A Usina da Paz no Icuí-Guajará já está em fase de conclusão

A UsiPaz terá complexos esportivos, salas de audiovisual, espaços de inclusão digital e para vários serviços, como atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, ações de segurança, capacitação técnica e profissionalizante, espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca.

A titular da Seduc, Elieth Braga, na visita à UsiPazMais de 90% de todo o trabalho já foram concluídos na Usina da Paz do Icuí-Guajará. Alguns detalhes estão sendo finalizados; outros, ajustados. Para Ari Maia, coordenador da Diretoria das Usinas, é gratificante ver um sonho quase concluído: “A cada dia que eu entro aqui, sinto uma grande emoção. Quando as pessoas veem em foto, por exemplo, é uma coisa. Mas quando a gente entra aqui, o sentimento muda. Aqui a população vai ter momentos de transformação. Vamos ter mobilidade social. Vamos ver essas distâncias sociais diminuindo em todos os sentidos. Eu fico feliz em fazer parte de tudo isso”, declarou o coordenador.

Mais Cidadania - A Usina da Paz é um projeto integrado ao programa estadual Territórios Pela Paz (TerPaz), elaborado pelo Governo do Pará e coordenado pela Seac, em parceria com a iniciativa privada. A meta do Estado é a construção de 10 Usinas na Região Metropolitana de Belém e na região Sudeste.

As obras da Usina do Icuí-Guajará são executadas em parceria com a mineradora Vale, por meio de um termo de cooperação. O Estado não recebe nenhum recurso financeiro. A Usina será entregue ao governo pronta e equipada.

Por Evaldo Júnior (SEDUC)