Ação de cidadania, saúde e assistência contempla moradores de Belém

Com o Programa Cidadania por Todo o Pará, o governo do Estado oferece vários serviços gratuitos à população

08/10/2021 23h58 - Atualizada em 09/10/2021 01h20

O presidente da Fundação ParáPaz, Alberto Teixeira (d), durante a entrega de cestas de alimentosO “Cidadania por Todo o Pará”, programa do governo do Estado que reúne  em um só lugar serviços gratuitos para a população, foi realizado no bairro Maracangalha, em Belém, na manhã desta sexta-feira (08). Entre os vários beneficiados está a feirante Rosiane Baía, 31 anos, que conseguiu uma nova carteira de identidade, após esperar muito tempo pelo documento.

Emissão de carteira de identidade“Estou há seis meses sem o RG, e me prejudicou bastante. Tentei marcar pela internet, mas o prazo era muito longe. Tô muito grata, pois hoje, aqui, consegui de maneira rápida e sem nenhum custo", disse Rosiane. 

Ainda durante a programação, na Escola Estadual Ruy Paranatinga Barata, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) ofereceu testes rápidos para diagnóstico de HIV, sífilis e hepatites B e C; palestras sobre saúde bucal; vacinas contra H1N1, HPV e tríplice viral; emissão de passe livre e cadastro para recebimento de cadeira de rodas para pessoas com deficiência, além de consultas médicas com especialistas nas áreas de clínica médica, ginecologia e pediatria.

Para o morador Ismael Portilho, 21 anos, a oferta dos serviços foi uma surpresa positiva. "Estava tentando marcar uma consulta e enfrentei muita dificuldade, até mesmo no hospital particular. Fiquei surpreso de ter conseguido a consulta que eu tanto queria, sem ter que me deslocar pra longe de casa. Ainda fiz testes rápidos pela primeira vez. Participo pela primeira vez de uma ação assim e tô sem palavras pra agradecer", afirmou Ismael.Morador beneficiado por um dos serviços disponíveis

Entre Elas - O presidente da Fundação ParáPaz, Alberto Teixeira, destacou o compromisso do governo com a comunidade, ressaltando que uma ação desse porte requer um trabalho maior, mas que é gratificante possibilitar tantos serviços para quem necessita. Ele também enfatizou o trabalho desenvolvido pelo “Entre Elas”, projeto que conta com a participação do público feminino. “Não podemos admitir, de forma alguma, que a mulher seja diminuída na nossa sociedade. Ali, naquele espaço, ela tem a possibilidade de ver seu potencial”, disse o gestor. 

As participantes tiveram um momento de descontração e orientação com profissionais da ParáPaz e da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará. Segundo a moradora Yandra Kauara, 25 anos, alertaram sobre os tipos de violência e prevenção de doenças, principalmente durante o “Outubro Rosa” – programação que incentiva ações preventivas contra o câncer de mama.

“Aprendi muita coisa durante a conversa. Muitas mulheres não têm conhecimento sobre sua saúde ou até mesmo que sofrem violência psicológica. Consegui um encaminhamento para fazer meu exame de mama pela Santa Casa, e ainda me diverti muito. Adorei!”, disse a moradora.Consultas, testes rápidos e vacinas foram oferecidos aos moradores da Maracangalha

Atendimentos - Somente nesta sexta-feira foram emitidas 500 carteiras de identidade pela Polícia Civil. O delegado-geral da PC, Walter Resende, acompanhou a execução do serviço, que contou com a ajuda de mais de 30 voluntários.

Houve, também, emissão da 2ª via da certidão de nascimento, totalizando 200 atendimentos pela Defensoria Pública. O “ParáPaz Solidário” contemplou 500 famílias com cestas básicas, garantindo a alimentação de centenas de pessoas às vésperas do Círio de Nazaré.

“Cidadania por Todo o Pará” é uma iniciativa do Governo do Pará, por meio da Fundação ParáPaz, em parceria com a Sespa, Defensoria Pública do Estado, Polícia Civil, Fundação Santa Casa e Prodepa (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará).

Por Nathalia Mota (PARAPAZ)