IDEFLOR-Bio promove Ação Educativa 'Pré-Defeso' nos municípios que compõem o Lago de Tucuruí

09/10/2021 12h23 - Atualizada em 09/10/2021 15h44

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (IDEFLOR-Bio), por meio da Diretoria de Gestão e Monitoramento de Unidades de Conservação (DGMUC), promove Ação de Educação Ambiental- 'Pré-Defeso', no período de 12 a 30 de outubro nos oito municípios que compõem o território do Mosaico Lago de Tucuruí, formado por: Goianésia do Pará, Jacundá, Marabá, Nova Ipixuna, Itupiranga, Breu Branco, Novo Repartimento e Tucuruí.

A ação tem como objetivo dialogar e sensibilizar a classe dos pescadores e pescadoras, a sociedade civil organizada, bem como os poderes públicos municipais e as secretarias pertinentes sobre o cumprimento do período do defeso de espécies de peixes da região, que acontece anualmente no período de  01 de novembro até 28 de fevereiro de acordo com Instrução Normativa Interministerial nº13 de 25 de Outubro de 2011, que estabelece normas gerais à pesca para bacia hidrográfica do rio Tocantins e período de defeso para bacias hidrográficas dos rios Tocantins e Gurupi.

Para a presidente do IDEFLOR-Bio, Karla Bengtson, constatar que o defeso da pesca é tema debatido cotidianamente no conselho deliberativo do Mosaico, impulsiona a gestão na execução de ações de educação ambiental nos municípios da região e ratifica que o órgão gestor da unidade de conservação e a população, estão unidos em busca de encontrar soluções visando o desenvolvimento sustentável da região, ressaltou a presidente.

Durante os quatro meses do período de defeso, só poderão ser vendidos os pescados com a declaração de estoque feita até dia 18 de novembro, provenientes de pisciculturas devidamente licenciadas.

A Gerência da Região Administrativa do Mosaico do Lago de Tucuruí, do Instituto, tem como competência a gestão e conservação dos recursos naturais e orienta a pescadores, comerciantes e consumidores a respeito do período de defeso dos peixes da bacia hidrográfica do rio Tocantins, onde estão localizados as Unidades de Conservação que compõem o Mosaico.

Mosaico Lago de Tucuruí – Criado pela Lei Estadual nº. 6.451, de 8 de abril de 2002 é uma região constituída por três Unidades de Conservação: a Área de Proteção Ambiental (APA) Lago de Tucuruí e as Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Alcobaça e Pucuruí-Ararão. Abrange os municípios de Tucuruí, Breu Branco, Goianésia do Pará, Jacundá, Novo Repartimento, Nova Ipixuna e Itupiranga. As Unidades de Conservação (UCs) são administradas pelo IDEFLOR-Bio.

A gerente da região administrativa do Mosaico, Mariana Bogéa, destacou que acolher a demanda do conselheiro por educação ambiental antes do período do defeso da pesca na região é dar as mãos com a vontade popular, aceitar que a gestão é feita em conjunto com o povo e as decisões encaminhadas pelo conselho possuem força para mudar os comportamentos dentro do Mosaico Lago de Tucuruí, afirma a gerente. 

Programação das Ações de Educação Ambiental Pré-Defeso:

Data: 12/10/2021 - Goianésia do Pará (Vila do Porto Novo)

Data: 13/10/2021 - Jacundá (Porto da Santa Rosa)

Data: 16/10/2021 - Marabá (Sede da colônia de Pescadores Z-30)

Data: 19/10/2021 - Nova Ipixuna (Vila Belém)

Data: 20/10/2021 - Itupiranga (Vila Tauyri)

Data: 21/10/2021 - Itupiranga (Câmara de Vereadores - Audiência Pública

Data: 23/10/2021 - Breu Branco (Sede da Colônia de Pescadores)

Data: 29/10/2021 - Novo Repartimento (Sede da Colônia de Pescadores)

Data: 30/10/2021 - Tucuruí (Sede da Colônia de Pescadores)

Por Aldirene Gama (IDEFLOR-BIO)