Pará recebe mais 4,5 mil doses de vacinas contra Covid-19

As doses desse lote serão destinadas aos indígenas atendidos pelos Distritos Sanitários Especiais Indígenas

13/10/2021 17h00 - Atualizada em 13/10/2021 17h59

Durante a tarde desta quarta-feira (13) chegou em Belém a 99º remessa de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde. São mais 4.500 doses da vacina AstraZeneca, produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 

A equipe de Logística da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) recebeu as vacinas no Aeroporto de Belém. As doses desse lote serão destinadas aos indígenas atendidos pelos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis), vinculados à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde. 

O envio das doses deve ser feito ao longo dessa semana por vias terrestre, aérea e fluvial, e contará com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).  “É necessário que esse público complete o esquema vacinal, garantindo assim a imunização”, afirma a diretora de Epidemiologia da Sespa, Daniele Nunes. 

Nesse sentido, o secretário de Saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, alerta a população indígena para que se proteja do vírus. “Por isso, a importância em cumprir na integralidade a vacinação contra o coronavírus, buscando o fechamento do esquema vacinal. Se a primeira dose é importante, a segunda é fundamental. “Quanto mais pessoas forem vacinadas, melhor para todo mundo, pois continuaremos adotando medidas, como a abertura de unidades específicas para o tratamento da doença em todo o Estado”, afirmou.

O vacinômetro da Sespa indica que, até esta quarta-feira (13), o Pará já recebeu 11.179.475 doses de imunizantes do Ministério da Saúde e outras 450 mil doses do Instituto Butantan, de São Paulo, por meio de aquisição direta do governo do Estado. 

No Vacinômetro a população pode acompanhar o quantitativo dos tipos de vacina recebidos pelo Estado – Astrazeneca, Coronavac, Pfizer e Janssen, bem como a quantidade e o percentual de vacinados, doses aplicadas e desempenho dos 144 municípios paraenses.

Por Mozart Lira (SESPA)