Com 94 anos, paciente vence a Covid-19 e tem alta do Hospital Regional da Transamazônica

Custódio Lourenço ficou internado no hospital por 16 dias, sendo quatro deles na UTI da unidade. Neste sábado (16), ele voltou para casa e à família.

16/10/2021 18h52 - Atualizada em 16/10/2021 20h05

Custódio Lourenço, de 94 anos, venceu a Covid-19, após 16 dias internados, quatro deles, na UTI do Regional da TransamazônicaA tarde deste sábado (16), foi marcada por alegria, alívio e emoção no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), unidade do Governo do Pará, em Altamira, no sudoeste do estado. O motivo foi a alta do paciente, Custódio Franco Lourenço, de 94 anos, em tratamento da Covid-19, após 16 dias de internação, sendo quatro deles na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Custódio Lourenço saiu da unidade hospitalar sob aplausos do corpo de técnicos e de familiares. Vacinado com as duas doses contra a Covid-19, mas com histórico de diabetes e hipertensão, Custódio foi internado no dia 1º, deste mês de outubro, apresentando insuficiência respiratória e comprometimento pulmonar de 25%, provocados por complicações do novo coronavírus.  

Ele recebeu cuidados intensivos, e começou a apresentar melhora significativa, sendo transferido para a enfermaria exclusiva para atendimento de casos da Covid-19, onde permaneceu até receber alta neste sábado. 

“Seu Custódio recebeu as duas doses da vacina e isso pode ter sido um fator preponderante para que o quadro dele não tivesse se agravado ainda mais. Por isso, reforçamos nosso pedido à população, para que se vacinem, pois só assim conseguiremos vencer esse vírus”, afirmou o doutor, Marcelo Trindade, médico da linha de frente do HRPT. 

Na saída pelo corredor sob as palmas dos profissionais de saúde, o paciente foi recebido pela filha e a neta, emocionadas. “Nós estávamos ansiosas pela saída dele. Foram tantos dias de preocupação, mas agora é só alívio”, celebrou Adriana Lourenço, neta de Custódio. 

Outras altas 

Neste sábado, a paciente Antônia Oliveira, de 52 anos, também deixou a unidade recuperada, após quatro dias de internação na enfermaria para atendimento de casos da doença. “Eles cuidaram tão bem de mim, melhor impossível. Só tenho a agradecer a cada um de vocês e desejar felicidade a todos”, afirmou a paciente. 

Desde o início dos atendimentos de casos de Covid-19, no hospital, mais de 650 pacientes já voltaram para casa recuperados da doença. 

O Regional da Transamazônica é uma unidade do Governo do Pará, sendo referência para nove municípios da Região do Xingu e mais de 500 mil pessoas no sudoeste do Pará. O HRPT conta com 97 leitos, sendo 10 leitos exclusivos para os casos mais graves do novo coronavírus.

* Texto de Karine Sued de Oliveira (HRPT). 

Por Governo do Pará (SECOM)