Seaster promove seminário sobre o Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional

19/10/2021 16h41 - Atualizada em 19/10/2021 17h35

Com o intuito de discutir sobre a importância da implantação do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) nas gestões municipais do Pará, a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), através da Diretoria de Segurança Alimentar e Nutricional (Disan) promoveu, nesta terça-feira (19), o Seminário Estadual SISAN, evento que reuniu gestores e técnicos que atuam diretamente com a Política de Segurança Alimentar e Nutricional nos municípios paraenses.

O encontro ocorreu no auditório da Escola de Governança Pública do Pará (EGPA) e reuniu representantes de 24 municípios em um diálogo acerca dos elementos que compõem o Sisan e como o sistema contribui para o desenvolvimento de cada município, estabelecendo um diálogo frente a frente com as gestões municipais e instaurando uma troca de experiências entre as mesmas.

“É muito esclarecedor e importante participar de eventos como este, e isto só reforça o quanto o Sisan é capaz de abrir uma série de possibilidades que trazem benefícios aos municípios onde é implantado. Eu, enquanto nutricionista, me sinto muito feliz de estar aqui, visto que estamos no processo de sensibilização da gestão de nosso município, rumo a implantação do sistema, e por isso estar aqui, rodeado de colegas que vivenciam a mesma luta, pelo direito ao acesso a uma alimentação de qualidade e saudável, é revigorante”, disse a nutricionista Patrícia Carvalho, profissional do CRAS de Mãe do Rio.

A Diretora de Segurança Alimentar e Nutricional da Seaster, Nazaré Costa, esteve no evento e reforçou aos representantes municipais o entendimento sobre o trabalho que o Estado vem desenvolvendo para garantir o acesso da população paraense a uma alimentação segura e de qualidade.

“Hoje nós temos ações que alcançam 106 municípios e não podemos deixar que nenhum deles deixem de implantar o Sisan, já que o sistema garante que nossas ações sejam realizadas de forma correta, permitindo que o controle social possa agir na fiscalização de projetos e os órgãos municipais, que têm afinidade com a segurança alimentar, possam desenvolver e implementar ações que contribuam com o avanço dessa politica”, pontuou a diretora.

O evento foi desenvolvido em alusão ao Dia Mundial da Alimentação, celebrado no último sábado, 16. O gerente do Programa de Aquisição de Alimentos, Luís Dantas, explica que a Seaster tem "discutindo sobre a esfera do direito à alimentação saudável e como estabelecer políticas públicas que viabilizem este direito. Portanto, a data comemorada neste mês nos ajuda a relembrar, salientar e fortalecer o entendimento sobre todos os esforços que já foram impostos, rumo  ao objetivo de dar acesso a uma alimentação em quantidade e qualidade à toda população". 

Com colaboração de Yuri Granha

Por Camila Santos (SEASTER)