Governo do Pará, por meio da Setran, prossegue com obras de reconstrução da PA-124

No sentido Salinópolis a Santa Luzia, as obras de reconstrução devem finalizar ainda este semestre

04/01/2022 15h50 - Atualizada em 04/01/2022 15h59

A obra de reconstrução da PA-124 está no trecho de acesso ao município de Salinópolis em direção a Santa Luzia do Pará, no nordeste paraense. No trecho de Salinas, estão sendo feitas as obras de pavimentação e implantação de acostamento nos dois lados da pista (esquerdo e direito), até o município de São João de Pirabas.

No sentido Salinópolis a Santa Luzia, as obras de reconstrução da PA-124 devem ficar prontas até o final deste semestre. No trecho de Pirabas a Santa Luzia as obras de construção e pavimentação devem começar ainda este semestre.

Segundo o titular da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), Adler Silveira, a reconstrução da PA-124 devolverá, com qualidade de tráfego, um dos mais importantes corredores rodoviários da região nordeste do Pará, “que além de ser acesso aos principais roteiros turísticos da região atlântica paraense, também garante qualidade dos corredores logísticos do agronegócio, proporcionando mais agilidade, conforto e segurança em toda aquela região”, detalha Adler Silveira.

As obras de reconstrução da PA-124 vão da rotatória de Santa Luzia  ao encontro das rodovias  PA-444 e PA-124. São quase 20 quilômetros de pavimentação asfáltica com implantação de acostamento dos dois lados da pista (direito e esquerdo). Também estão sendo feitos serviços de tapa-buraco e revitalização de alguns trechos. A obra está com previsão de término para dentro de 120 dias. O valor do investimento é de R$ 14,7 milhões.

A rodovia PA-124 é uma via de ligação aos municípios de Salinópolis, São João de Pirabas, Primavera, Capanema, Bonito, Ourém, Capitão Poço, Garrafão do Norte e Nova Esperança do Piriá, dentro dos seus 217 quilômetros de extensão em concreto asfalto. A rodovia pode ser acessada por meio das PAs 444, 326, 324, 242, 436, 253, 442, 440, 446, 322, 251 e 252, além da BR 316 e BR 308.

Por Kátia Aguiar (SETRAN)