Estado autoriza benefício do 'Recomeçar' para desalojados pelas enchentes em Marabá

O cadastramento das famílias começa neste sábado (22), no Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará

21/01/2022 18h52 - Atualizada em 21/01/2022 23h23

Começa neste sábado (22), as 8 h, no Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará, em Marabá, o cadastramento ao Programa "Recomeçar", criado pelo Governo do Pará, que agora vai beneficiar famílias que estão desalojadas por conta das enchentes no município. A iniciativa prevê o pagamento, em parcela única, de auxílio financeiro voltado à reconstrução dos imóveis danificados pelas águas.

A Defesa Civil classifica como "desalojados" aqueles que foram obrigados a deixar suas casas para morar, temporariamente, em casas de parentes, amigos ou vizinhos. São as famílias que não tiveram a necessidade de estar em abrigos públicos.Governo estende o auxílio financeiro do Programa "Recomeçar" para as famílias atingidas pelas enchentes em Marabá

Nesta fase de cadastramento, os atendimentos ocorrerão gradativamente e por ordem alfabética de beneficiários que constam de uma lista oficial, com previsão de divulgação ainda nesta sexta-feira (21). Quem estiver na lista deverá comparecer ao Centro Regional de Governo com RG, CPF, conta de luz da residência atingida e o Cadastro Único (CadÚnico). O governo do Estado reforça que não é necessário o deslocamento até a Defesa Civil Municipal.

Auxílio financeiro - O Programa “Recomeçar” concede em situações emergenciais auxílio financeiro, em parcela única, a famílias em situação de vulnerabilidade social. De acordo com o decreto do governo do Estado, o programa vai atender vítimas de calamidade pública ocorrida no primeiro semestre de 2022, e em situação de emergência ocasionada pelas fortes chuvas, deslizamentos, inundações, enxurradas e alagamentos.Muitas famílias estão em abrigos após a subida das águas dos rios Tocantins e Itacaiúnas

O objetivo do governo é oferecer às famílias um valor que possa ser utilizado na reconstrução dos imóveis danificados pelas águas. Para ter acesso ao benefício, a família deve ter renda mensal de até três salários mínimos e residir em imóvel atingido diretamente pelas fortes chuvas, de forma grave.

Serviço: O Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará fica na Rodovia BR-222, nº 5210, no Núcleo Nova Marabá

Por Carol Menezes (SECOM)