Corpo de Bombeiros e Defesa Civil coordenam ações de apoio às famílias de Marabá

Já foram construídos 110 abrigos e instalados 24 banheiros químicos até o momento para alojar desabrigados

24/01/2022 18h09 - Atualizada em 25/01/2022 09h15

Para realizar a operação de apoio às famílias afetadas pelas cheias dos rios Tocantins e Itacaiúnas, no município de Marabá, no sudeste paraense, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBM-PA) e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil atuam em diferentes ações. Nesta segunda-feira (24), até as 18 h, o nível do rio Tocantins está em 11,72 m. “Apesar dessa redução significativa, nós orientamos para que as famílias não retornem às suas casas. Precisamos ter essa precaução nesse momento”, alerta o Major Felipe Galúcio, comandante do 5º Grupamento Bombeiro Militar de Marabá.Agentes da Defesa Civil cadastram famílias atingidas pelas cheias dos rios

Já foram construídos 110 abrigos e instalados 24 banheiros químicos até o momento para alojar famílias que tiveram suas moradias atingidas pelas enchentes. “Temos a previsão de construir mais 26 abrigos e mais 6 banheiros químicos, cada abrigo pode alojar uma família de 4 a 5 pessoas”, explica o Capitão Carlos Rangel, coordenador da iniciativa. Os recursos são provenientes do CBM e da Defesa Civil.

Ainda para auxiliar as famílias desalojadas, teve início no sábado (22), no Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará, o cadastramento no Programa "Recomeçar", agora direcionado às pessoas desalojadas no município. A iniciativa prevê o pagamento, em parcela única, de auxílio financeiro voltado à reconstrução dos imóveis danificados pelas águas.

“Nós estamos na segunda etapa do trabalho, efetuando os cadastros daqueles que estão desalojados e já possuíam um pré-cadastro na Defesa Civil municipal. No momento, estamos no lote que vai da letra D até I. Assim que finalizarmos a chamada por ordem alfabética, vamos retornar à letra A, já que recebemos novos cadastros para atualizarmos no sistema. Tão logo terminemos de atender as famílias desalojadas cadastradas, vamos trabalhar com as pessoas desabrigadas sem cadastro.”, explica o Major Jânio Costa. O oficial lembra que o pré-cadastro não significa a aprovação automática ao benefício do Programa Recomeçar, já que a documentação ainda passa por um processo de análise para efetivar o direito ao auxílio. 

O Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará fica localizado na rodovia BR-222, nº 5210, no Núcleo Nova Marabá.

A entrega de cestas de alimentos é uma das ações de auxílio à populaçãoCestas básicas 

O CBM e a Defesa Civil também trabalham com o transporte de cestas básicas às famílias atingidas. 

“Estamos viabilizando a distribuição de 9 mil cestas básicas doadas por empresas particulares. Além disso, já distribuímos no município 2.500 cestas oriundas de recursos do Estado”, observa o Major Felipe Galúcio.

As cestas do Governo do Estado foram enviadas no dia 15 e foram adquiridas por meio do Departamento de Trânsito do Pará (Detran), Polícia Científica, Seaster e parceiros da iniciativa privada.

Por Igor Oliveira (SECOM)