Estado lança o app ArteAma, plataforma para impulsionar vendas do artesanato paraense

Aplicativo já conta com a adesão de mais de 100 empreendedores

29/04/2022 08h03 - Atualizada em 29/04/2022 10h42

O Teatro Estação Gasômetro, em Belém, recebeu na última quinta-feira (28) o evento de lançamento do aplicativo ArteAma, um projeto idealizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) em parceria com outras entidades do estado, que funciona como uma plataforma de 'e-commerce', e que conta com um catálogo virtual dedicado aos artesãos e empreendedores regionais para impulsionar esses negócios visando um maior alcance do artesanato paraense.

A programação do evento contou com palestras dedicadas para os artesãos presentes na ocasião, e também de representantes de órgãos envolvidos no desenvolvimento do ArteAma. A ação de cadastramento de artesãos no app, que já resultou na adesão de mais de 100 empreendedores, também foi realizada no local do evento, proporcionando a disponibilidade de mais de 200 produtos na plataforma. Até o momento, já foram realizados mais de 1,8 mil downloads do aplicativo. 

Carlos Ledo, secretário adjunto da Sedeme, abriu a apresentação de lançamento falando a respeito do objetivo da iniciativa.

“Por conta da pandemia, tudo ficou muito difícil para a classe de artesãos, então essa tecnologia veio para beneficiar esse segmento, algo que foi muito bem aceito por eles, pois, o meio digital é o mais difundido hoje em dia, e também irá facilitar as negociações do trabalho deles, além de gerar mais emprego e renda para esse segmento, transformando a vida dessas pessoas de forma positiva. A Sedeme, articulando e atendendo as necessidades por meio da federação Facapa, buscou atuar com as Secretarias de Governo para avançarmos, de forma integrada, o desenvolvimento do comércio do artesanato no estado e no Brasil”, informou.

Disponível nas plataformas Android e iOS, o app ArteAma pode ser baixado diretamente nas lojas dos respectivos sistemas e também pode ser acessado pelo site arteama.com.br e loja.arteama.com.br

Oportunidade

Iris Cleide Lisboa, que trabalha vendendo bordados de utensílios domésticos na Praça da República, demonstrou seu entusiasmo ao conhecer o ArteAma.

“Estava em busca de ampliar meu negócio, porém não tinha visão de como fazer isso, mas graças ao convite do ArteAma, encontrei um meio de divulgar meu trabalho para que o Brasil todo possa conhecer”, declarou.

Miriquinho Batista, adjunto da Seaster, falou sobre como isso vai expandir o mercado de artesanato do Pará. “Hoje é um dia muito especial para o setor de produção e de negócio do nosso estado, pois essa é uma ação em que evidencia o quão belo é o trabalho feito pelas mãos dos artesãos do estado, que é realizado com muito carinho e dedicação. Vamos comercializar não só no Brasil, mas como fora do país também, nós vamos criar a oportunidade de que esse artesanato seja reconhecido por muita gente”, relatou.

André Dias, secretário da Setur, discorreu sobre como isso vai influenciar outras áreas além do artesanato. “O artesanato e o turismo estão intrinsecamente ligados, então com esse aplicativo, aqueles que já visitaram o estado, poderão acessar todas as memorias que eles tiveram aqui, isso irá impulsionar o turismo do nosso estado, pois o artesanato carrega a cultura paraense para qualquer lugar no mundo”, afirmou.

Por Igor Nascimento (SEDEME)