Artesãos atendidos pela Seaster estão no 15º Salão do Artesanato

Evento vai até domingo (8), com artesãos de todo o Brasil e do exterior, expondo e comercializando peças em Brasília (DF) 

05/05/2022 14h34 - Atualizada em 05/05/2022 16h21

Incentivar a produção artesanal e o trabalho de artesãos e fazedores de cultura do Pará. Foi com este intuito que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), garantiu a participação de dez artesãos no 15º Salão de Artesanato Raízes Brasileiras. 

O evento, que começou na quarta-feira (4), vai até domingo (8), reunindo artesãos de todo o Brasil e do exterior, para exposição e comercialização de peças na Arena de Eventos do Pátio Brasil Shopping, em Brasília (DF). 

A seleção dos participantes foi realizada por meio de edital que contemplou seis associações, dois microempreendedores individuais e dois artesãos individuais, reunidos em estandes com cerâmica marajoara, cerâmica tapajônica, marchetaria e miriti. Artesanatos em madeira rústica, patchouli e cheiro do Pará; jóias em cerâmica aquática, cuia, ostras, sementes, entre outros.

Esmeralda Cardoso reside em Barcarena e representa a Associação Natureza e Arte na feira de artesanato. "A pandemia foi um momento difícil, de perdas de oportunidades de trabalho. Como os nossos produtos são feitos para serem expostos e vendidos em feiras, e nós ficamos impedidos de estar em eventos, as nossas famílias também ficaram impedidas de ter essa renda", contou a artesã.

"Em nome dos artesãos participantes, eu agradeço à Seaster pela oportunidade, pela possibilidade do percurso; só o fato de ter o transporte da nossa mercadoria com apoio dessa logística, já é ganho, lucro, porque já economizamos esse gasto. Estamos alegres e aguardando um grande retorno aqui na feira", completou Esmeralda.  

O Governo do Estado, por meio da Seaster, incentiva constantemente o trabalho de artesãos do Pará, através da Coordenadoria de Empreendedorismo e Economia Solidária, com a disponibilização de assessoramento técnico, apoio e fortalecimento de mercado, além do incentivo voltado para diversos empreendimentos com foco na geração de renda.

O secretário adjunto de trabalho, emprego e renda, Miriquinho Batista, reforça a importância da participação dos profissionais artesãos em eventos como o proposto pelo salão. “Este tipo de evento é muito importante para nossos artesãos, visto que oferece a eles uma ótima oportunidade para exporem suas peças, fazer novos contatos de negócios, além de proporcionar a troca de experiência com profissionais de todo e Brasil. A  Seaster se propõe em impulsionar o empreendedorismo como uma ferramenta importante para alcançar o sucesso por meio da geração de renda", pontuou. 

Por Camila Santos (SEASTER)