Balança comercial paraense registra saldo positivo de US$ 626,4 milhões em agosto

02/10/2015 12h54

A balança comercial paraense fechou o mês de agosto com saldo positivo de US$ 626,4 milhões. Os dados são do Informe Técnico do Comércio Exterior Paraense, elaborado pela Fundação de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará (Fapespa), em cooperação técnica com a Federação das Indústrias do Pará (Fiepa). De acordo com a análise, o Estado ficou em quarto lugar no ranking entre os que apresentaram maior saldo comercial no mês de agosto, atrás apenas de Minas Gerais, Mato Grosso, e Rio Grande do Sul. Já no acumulado do ano, de janeiro a agosto de 2015, o ranking  permanece inalterado com Minas Gerais em primeiro, Mato Grosso em segundo e o Pará em terceiro lugar.

Com base na análise por municípios, Parauapebas se manteve em destaque como o maior exportador do Estado, com saldo positivo de US$ 226,2 milhões na exportação de produtos, liderados pelo minério de ferro, a sua principal commodity (US$ 218,1 milhões). Na segunda posição ficou o município de Barcarena, com um montante de US$ 142,9 milhões.

Outro município que se projetou no mês de agosto foi Canaã dos Carajás, que ampliou o saldo de exportações em 24,73%, com o minério de cobre. Ainda por conta das exportações, mas desta vez de coco, castanha-do-Brasil (castanha-do-pará) e castanha de caju, quem ganhou projeção foi o município de Oriximiná, com saldo de 41, 16% no mesmo período.

Já no âmbito das importações, os Estados Unidos continuam sendo o país com maior participação na balança comercial do Pará, com US$ 18,665 milhões, o equivalente a 42,45% da pauta do estado em agosto. No acumulado do ano, o destaque ficou com China e Alemanha, que responderam por 85,12% e 76,33%, respectivamente, das importações feitas pelo Estado.

Serviço: Acesse aqui o conteúdo do Informe Técnico do Comércio Exterior de agosto de 2015.

Por Redação - Agência PA (SECOM)