Cohab define grupos para elaboração de PPA e do Plano Estratégico

12/05/2015 19h51

A Companhia de Habitação do Pará (Cohab) criou grupos de trabalho para subsidiar a formulação do Plano Plurianual (PPA) e do Plano Estratégico para o período 2016-2019. Os grupos são formados por técnicos das cinco diretorias da empresa, que devem levantar informações para compor um diagnóstico interno. A partir desses dados será elaborado o plano estratégico, que definirá os meios e recursos necessários para viabilizar a execução dos programas e ações estratégicas do PPA.

A diretoria da Cohab já definiu com os gerentes estratégicos a metodologia que será usada para a elaboração do PPA. Além de definir as ações prioritárias para a instituição, os grupos de trabalho vão elaborar o cronograma para elaboração desses dois instrumentos de planejamento. Eles terão até a primeira quinzena de junho para concluírem o trabalho.

O Plano Plurianual é o principal instrumento de médio prazo de ações do governo, abrangendo, de forma regionalizada, as diretrizes, os objetivos e as metas da administração pública para o período de quatro anos. O governo do Estado iniciou o processo de elaboração do PPA 2016-2019. Com o tema “Governo Regionalizado, Desenvolvimento Integrado”, o governo pretende que o PPA seja efetivamente um pacto social, um instrumento que, apoiado em um projeto de desenvolvimento estratégico, proporcione avanços efetivos ao Estado, objetivando reduzir a pobreza e desigualdade social ainda presentes no território paraense.

Para tanto, propõe um planejamento com base no Índice de Progresso Social (IPS) que identificou a qualidade de vida no Estado, mostrando geograficamente quais são os municípios em situação mais crítica. A proposta é trabalhar de forma eficiente para atender as demandas mais urgentes do Estado, usando o IPS como ferramenta de gestão num esforço de priorizar os recursos para atender problemas complexos.

Nesse contexto, a Cohab está diante do desafio de formular programas, definir ações, estimar investimentos necessários e propor estratégias para o enfrentamento do déficit e inadequação existentes no Estado, e cumpre a orientação de elaborar o planejamento integrando as diversas políticas de governo.

Por Redação - Agência PA (SECOM)