Semana da Segurança do Paciente mobiliza colaboradores

Hospital Jean Bitar promoveu programações alusivas ao Dia Mundial da Segurança do Paciente e Setembro Amarelo

18/09/2020 15h40 - Atualizada em 18/09/2020 16h47
Por Joelza Silva (HJB)

Colaboradores do Hospital Jean Bitar participam de ações de conscientização e sensibilização à saúde mental e segurança do pacienteO Hospital Jean Bitar promoveu junto a colaboradores da unidade uma programação alusiva ao 17 de setembro, Dia Mundial da Segurança do Paciente. Em pauta, a saúde dos seus pacientes e dos próprios profissionais e técnicos de saúde.

A ação integrada contou com o apoio do Núcleo da Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP), Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), Núcleo de Educação Permanente (NEP), Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), Recursos Humanos ((RH), Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) e Gerencia Assistencial.

Na programação de 15 a 17 desta semana, teve palestras sobre a importância da saúde mental do colaborador na segurança do paciente, doação de sangue e roda de conversa, onde se discutiu o papel do gestor na identificação do adoecimento mental do colaborador. Houve atividades em todos os setores do Jean Bitar sobre temas relacionados à saúde do paciente e colaborador, e ainda sessões de relaxamento, ginástica laboral, sorteios de brindes e troca de mensagens de carinho entre os colaboradores, expostas na dinâmica lúdica da árvore da Valorização.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Segurança do Paciente é um dos seis atributos da qualidade do cuidado e tem adquirido, em todo o mundo, grande importância para os pacientes, famílias, gestores e profissionais de saúde com a finalidade de oferecer uma assistência mais segura.

Em 2020, o tema da OMS é “Trabalhadores da saúde seguros, pacientes seguros” inspirou a programão no HBJ, que considerou também o Setembro Amarelo, mês voltado à saúde mental, que Jean Bitar, também envolveu amplo debate sobre o tópico, com palestras informativas e preventivas, abordando a relação entre o trabalho e o adoecimento mental.
 
Para a enfermeira de Qualidade do Núcleo da Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP), Hellen Silva, a Semana da Segurança do Paciente objetiva engajar os colaboradores com relação à temática definida pela OMS, divulgando as várias medidas para a tomada de decisões por parte das lideranças, pertinentes não só ao paciente, mas também ao colaborador.

"As atividade da programação foram todas ligadas ao tema do Dia Mundial da Saúde do Paciente deste ano, mas dando ênfase também ao Setembro Amarelo, por considerar a importância da saúde mental dos nossos profissionais. Achamos fundamental que neste momento de pandemia, nós criássemos, também, atividades voltadas à valorização dos nossos trabalhadores, por meio de elogios, trocas de conhecimentos, alinhados aos temas do evento relacionados à Segurança do Paciente, como, por exemplo, a terceira campanha "Adorno Zero e a campanha de Higienização das Mãos, que aconteceram todos os dias do eventos e em todos os turnos de trabalho", destacou a enfermeira Hellen Silva.

Técnico de Enfermagem do HJB, Gilmar Damascena acredita na importãncia do Dia Mundial do Paciente. Ele elogiou a ações referentes ao tema no Hospital Jean Bitar. "Com a abordagem à saúde mental, o evento ficou ainda mais relevante, pois acredito que as ações de saúde e segurança devem sempre ter o direcionamento a todos: pacientes e trabalhadores das unidades de saúde, uma vez que precisamos estar saudáveis para auxiliar no processo de cura ou de manutenção da saúde dos nossos pacientes e para que o ambiente hospitalar se mantenha seguro para ambos".