Pará registra 7.203 novas empresas em fevereiro; alta de quase 40%

Entre os estabelecimentos abertos, 93,53% são microempresas

05/03/2021 10h20 - Atualizada em 05/03/2021 12h26
Por Fabíola Uchôa (JUCEPA)

Balanço da Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa) mostra que o mês de fevereiro seguiu a tendência de alta no número de empresas abertas, na comparação com o ano anterior. No mês passado, mesmo com todas as dificuldades impostas pela Covid-19, foram abertos 7.203 estabelecimentos, um aumento de 39,57% em relação ao ano anterior, quando foram registradas no Pará 5.161 empresas abertas.

Os dados apontam ainda que, em 2021, um total de 1.689 estabelecimentos foram fechados em comparação ao ano de 2020, que contabilizou 1.717, uma redução de 1,63%.

De acordo com a presidente da Jucepa, Cilene Sabino, as perspectivas para 2021 são as melhores. “O Pará consegue resultados positivos neste momento de dificuldade mundial e novas oportunidades estão sendo geradas para empreendedores”, afirma.

Das empresas abertas, 93,53% estão enquadradas no porte de microempresa, 4,87% são de pequeno porte e 1,60% são empresas não enquadradas no regime do Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte.

O total de estabelecimentos ativos no Estado é de 465.852, sendo que 257.842 são microempreendedores individuais (MEI), 124.658 são microempresas (ME), 50.704 se enquadram em outros tipos, isto é, não estão enquadradas no Simples Nacional; e 32.648 são empresas de pequeno porte (EPP).

Em fevereiro, as cinco atividades econômicas que mais registraram aumento de novas empresas foram, na ordem: comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal, comércio varejista de bebidas, comércio varejista de artigos de armarinho, promoção de vendas.