Equipe do Paysandu larga na frente na primeira etapa do Campeonato Paraense de Remo

Retorno das regatas após um ano sem competições teve o apoio do governo do Pará, via Seel, e foi cercado por todas as medidas de segurança contra a Covid-19

13/09/2021 15h51 - Atualizada em 13/09/2021 17h18

Após um ano sem competição, devido à pandemia da Covid-19, o Campeonato Paraense de Remo retornou neste domingo (12), no Ver-o-Rio, em Belém. A primeira etapa terminou com a vitória da equipe do Paysandu, com 54 pontos. O evento esportivo teve apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel).Equipe de regatas do Paysandu venceu etapa neste domingo (12)

Ao todo, a programação contou com 15 provas disputadas entre Paysandu, Clube do Remo, Associação Guajará e Tuna Luso. O Papão ficou com 54 pontos, em seguida ficou a Associação Guajará, com 29 pontos, o Remo com 22 pontos e a Tuna, não pontuou.

“Em função da pandemia, o presidente da Federação Paraense de Remo (Fepar), em respeito aos decretos estaduais e municipais, decidiu cancelar o Campeonato em 2020. Houve uma recomendação também que as garagens náuticas ficassem fechadas para evitar a disseminação do novo coronavírus. Após avaliar o cenário em relação à pandemia, foi programado para este ano, apenas três regatas. E, nesta primeira, foi um sucesso, seguindo todos os protocolos, como o uso de máscaras pelos atletas e público”, conta Delcio Silva, vice-presidente da Fepar.  

A competição contou com a participação de 40 atletas por clubes, nas disputas das categorias Junior, Principiante, Sub-23, Sênior e Master, tanto masculino, quanto feminino.

“Em um estado cercado por rios, o retorno do campeonato paraense de remo é um grande passo para a retomada integral das atividades esportivas no estado, voltando ao normal, mas cumprindo os protocolos de segurança contra a Covid-19”, diz Rayssa Talino, diretora em exercício de eventos da Seel. 

Classificação - 1° etapa

- Paysandu: 54 pontos

- Associação Guajará: 29 pontos

- Clube do Remo: 22 pontos

+ Tuna Luso: Não pontuou

* Texto de Bianca Rodrigues (Seel)

Por Governo do Pará (SECOM)