Governo do Estado assina ordem de serviço e garante sinalização viária em Ananindeua

Iniciativa faz parte do projeto Sinalização Viária por Todo o Pará, executado pelo governo do Estado, por meio do Departamento de Trânsito do Estado (Detran). 

18/09/2021 14h20 - Atualizada em 18/09/2021 18h02

A ordem de serviço assinada pelo governador Helder Barbalho, na manhã deste sábado (18), para implantação de sinalização viária horizontal, vertical, serviços complementares e de obras no município de Ananindeua, vai garantir mais segurança à população. A iniciativa faz parte do projeto Sinalização Viária por Todo o Pará, executado pelo governo do Estado, por meio do Departamento de Trânsito do Estado (Detran). 

"Estamos iniciando hoje a Semana Nacional de Trânsito assinando aqui o início de uma parceria que permitirá, imediatamente, o investimento de R$ 1,5 milhão do governo do Estado em sinalização horizontal e vertical na cidade, para já começar o serviço", disse o governador do Estado, Helder Barbalho. "Isso vai ajudar muito, porque Ananindeua cresce a todo dia e é fundamental que tenha a sinalização das suas ruas para orientar as pessoas e, principalmente, para a segurança da população que trafega nas ruas de Ananindeua", completou.

Desde o início do ano, o Detran dialoga com diversas prefeituras sobre a necessidade de estruturar o trânsito dos municípios, em especial nas cidades com grande movimentação urbana e que ainda não conseguiram implantar a sua sinalização. O busca organizar as principais vias desses municípios com sinalização que permita o trânsito seguro de pedestres, veículos e ciclistas.

Leia mais

'Nós temos pressa', diz governador sobre a retomada das obras da BR-316

Governo autoriza requalificação da rua Ananin para ligar a BR-316 à Cidade Nova

"Esse projeto visa dar segurança e organizar o trânsito. Temos feito esse serviço em várias cidades que nunca receberam esse tipo de cuidado e, agora, Ananindeua, que já tem um trânsito mais complexo, com frota e densidade populacional grandes, também merece ser contemplada. É bom lembrar que hoje se inicia a Semana Nacional de Trânsito e outras ordens de serviço serão anunciadas nesse período em pelo menos mais cinco municípios", diz o diretor geral do Detran, Marcelo Guedes. 

O projeto prevê a cobertura em todo o Estado. Até o momento, já foram firmados mais de 30 convênios, garantindo ajuda financeira para executar as obras de sinalização viária, que iniciarão logo após a análise do Detran sobre o plano de trabalho elaborado pelas prefeituras e devem ser executadas até 2022.

Marcelo Guedes - Detran"Trata-se de uma parceria entre governo e prefeituras, em que a gente ouve a demanda do município para saber quais os pontos críticos em termos de sinalização, para que, posteriormente, o Detran execute essa obra", completa Guedes.

PARA ENTENDER

A sinalização horizontal diz respeito a tudo que é feito diretamente no pavimento das vias (o asfalto). São os sinais pintados ou apostos nas pistas e na forma de linhas, marcações, símbolos e legendas. Os objetivos desses sinais horizontais são: organizar o fluxo dos veículos e pedestres, através de uma linguagem que define o espaço correto de cada um e em cada momento durante a circulação por uma via; e orientar e controlar as situações que exigem deslocamentos imprevistos (causados por obras na pista, por exemplo) ou especiais (por exemplo, se o relevo da pista não permite usar o traçado original).

Já a sinalização vertical diz respeito aos sinais colocados nas laterais ou acima das vias por meio de placas que transmitem uma mensagem aos usuários. Elas podem ser de regulamentação, com as regras impostas para circulação na via; de advertência, para avisar o condutor a respeito de condições que podem ser perigosas durante a circulação na via; e de indicação, responsável por situar o usuário da via quanto à identificação, distâncias entre localidades, aos serviços oferecidos nas proximidades, à educação no trânsito, aos postos de fiscalização, entre outros.

Por Eduardo Vilaça (DETRAN)