Empreendedorismo em destaque no "Bom dia, Inovação!"

01/10/2015 18h03

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet) e a Fundação Amazônia de Amparo à Pesquisa e Estudos do Pará (Fapespa) promoveram, na manhã desta quinta-feira (1), o evento “Bom dia, Inovação!”. Na ocasião, cinco novas empresas da área de Tecnologia da Informação e Comunicação contempladas pelo Programa Tecnova Pará apresentaram produtos e processos inovadores, trocaram experiências e discutiram possíveis parcerias.

A iniciativa faz parte dos planos da Sectet e da Fapespa de induzir a articulação entre estado, empresas e pesquisadores, para gerar uma economia do conhecimento, geradora de emprego e renda.  “Visitamos as empresas contempladas com os recursos financeiros do Tecnova e tivemos ótimas surpresas. São equipes que estão desenvolvendo ideias e produtos inovadores, com grande potencial de aceitação no mercado, mas que ainda encontram dificuldade de ampliar seu público consumidor. Queremos estimular a formação de novos negócios, esse é o objetivo deste evento”, destacou o presidente da Fapespa, Eduardo Costa. 

O titular da Sectet, Alex Fiuza de Mello, ressaltou que é de grande importância estabelecer uma mudança cultural na relação entre o setor produtivo e o setor acadêmico. “O que nos falta não é conhecimento e nem capacidade de empreender, é a união das duas coisas. Por um lado, temos muitos pesquisadores que se preocupam exclusivamente em publicar e, de outro, empresários que importam soluções tecnológicas de outros lugares. É preciso reverter esse quadro e, por isso, estamos aqui hoje”, destacou. 

Inovação - Durante o evento, micro e pequenos empresários ligados ao setor de TIC apresentaram soluções inteligentes desenvolvidas para diversos setores, como trânsito, logística, segurança e comércio. As cinco empresas que apresentaram seus produtos ao longo da manhã foram: "Zaizan Representação"; “Acelera Startups”; “Jambu Tech”; “Mover” e “Connecta Networking”.

“Sem os recursos disponibilizados pelo Tecnova, não seria possível colocar nossa ideia em prática e transformá-la num negócio viável, porque não tínhamos o capital para começar”, destacou o empresário Eduardo Hiroaki Ikeda, proprietário da Zaisan. Na ocasião, ele relatou a experiência de sua empresa no desenvolvimento do sistema “Smartbus”, criado para melhorar a mobilidade urbana por meio de software e hardware específicos para monitoramento em tempo real dos ônibus que atendem à população.

Tecnova Pará - O Programa Tecnova é uma iniciativa da Financiadora de Estudo e Projetos (FINEP), em parceria com o Governo do Estado do Pará, por meio da Sectet e da Fapespa, para dar apoio e amparo ao fomento de projetos inovadores. Ao todo, 15 micro e pequenas empresas paraenses foram contempladas com recursos financeiros para desenvolver produtos e processos inovadores.

Por Redação - Agência PA (SECOM)