Seduc promoverá última revisão do Enem 2019

As aulas oferecidas são estendidas a todas as redes de ensino, mas com o foco nos alunos do 3º ano do ensino médio de escolas públicas.

06/11/2019 18h36 - Atualizada em 06/11/2019 19h03
Por Leidemar Oliveira (SEDUC)

O Dplay é uma iniciativa da Seduc para ajudar aos alunos, em especial os de escolas públicas, a se prepararem melhor para o Enem e vestibular.

Os estudantes que farão a segunda etapa do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) neste domingo (10) ainda terão a oportunidade de tirar as últimas dúvidas da prova. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realiza nesta sexta-feira (8) a última revisão do projeto Dplay Pará.

O Dplay é uma iniciativa da Seduc para ajudar aos alunos, em especial os de escolas públicas, a se prepararem melhor para o Enem e vestibular.

Desde o início do projeto, em agosto, a Seduc realizou cerca de 15 aulas em mais de 10 municípios do Estado. Ao todo, mais de 7 mil estudantes já participaram dos aulões, que foram ministrados por uma equipe de professores da rede estadual especializada em pré-vestibular.

Nesta última aula os estudantes poderão focar no conteúdo específico e assuntos de maior incidência em Ciências da Natureza (Física, Química, Biologia) e Ciências Exatas (Matemática). O coordenador estadual do Dplay Pará, Diego Maia, lembra que além da aula presencial, os estudantes que quiserem aproveitar a reta final para revisar o conteúdo, podem acessar o site do Dplay e assistir as videoaulas e baixar exercícios elaborados pelos professores do projeto. “O material didático foca nas questões que realmente têm chances de cair na prova de domingo”, lembra Maia.

As inscrições para a última aula do Dplay podem ser feitas pelo site da revisão. A aula ocorre nesta sexta-feira (8), a partir das 14h, na Unama BR.

No Pará, o governador Helder Barbalho concedeu gratuidade no transporte público para os candidatos que realizarão a 2ª etapa da edição 2019 do Enem deste domingo no Estado. Seguindo o modelo adotado no Maranhão, o benefício será concedido por meio de acordo firmado entre o Governo e o Sindicato das Empresas de Transportes.