Hemopa em Belém, Marabá e Santarém recebe policiais da PRF para desafio 'Sangue Solidário'

07/04/2020 16h43
Por Anna Cristina Campos (HEMOPA)

As unidades de coleta de sangue do Hemopa, em vários municípios do Pará, receberam grupos da Polícia Rodoviária Federal que decidiram abraçar a causa da doação de sangue, lançando o desafio "Sangue Solidário". 

No Hemopa Marabá, um grupo com 10 policiais compareceu na manhã desta terça (7). De acordo com a organização da ação solidária, as doações serão feitas em grupos pequenos para respeitar as orientações do Ministério da Saúde de não causar aglomerações.  

O mesmo aconteceu em Santarém, no oeste do Estado, e no município de Castanhal, aonde atua o PRF Mário Monteiro, de 38 anos. “Eu aceitei o desafio e agora quero saber se a superintendência da PRF vai aceitar esse desafio. Não deixem essa corrente do bem quebrar”, desafiou. 

Pois o desafiado, superintendente da PRF no Pará, Frankin Santos, compareceu ao Hemopa em Belém com mais alguns colegas para fazer parte desta ação. “Este é um movimento nacional que pretende colaborar com os estoques de sangue para o atendimento transfusional nos hospitais. E nós também estamos nessa missão solidária de ajudar a salvar vidas”, destacou o superintendente.

Para doar sangue

O cidadão precisa ter entre 16 e 69 anos (menores de idade devem estar acompanhados de um responsável legal para autorizar a doação). Além disso, precisa ter mais de 50 kg, estar bem de saúde e apresentar um documento de identificação oficial, original, com foto (RG, CNH, Passaporte ou Carteira de Trabalho) no momento do cadastro.