Governo do Estado garante atendimento a famílias vitimas de incêndio na Cremação

23/07/2015 12h39

Uma equipe do governo do Estado, composta pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), Companhia de Habitação do Pará (Cohab) e Defesa Civil do Estado, esteve na manhã desta quinta-feira, 23, na Passagem Bugarin, localizada na Rua Três de Maio, bairro da Cremação, onde um incêndio atingiu e destruiu totalmente nove imóveis na tarde de ontem. O objetivo da visita foi fazer o levantamento da situação das moradias e necessidades das pessoas que ficaram desabrigadas, além de acompanhar o cadastramento dessas famílias para concessão de benefícios sociais.

O cadastro das famílias está sendo feito pela Prefeitura de Belém, por intermédio da Fundação Papa João XXIII (Funpapa). A Seaster vai disponibilizar a quem perdeu suas casas o Benefício Eventual, destinado às famílias com renda mensal de até três salários mínimos e que estejam enfrentando situações de vulnerabilidade temporária e calamidade pública. O valor, que corresponde a um salário mínimo, é fornecido pelo período de três meses. Segundo a coordenadora da Seaster, Nazaré Charchar, “após o cadastro das famílias, a Funpapa encaminhará o levantamento à Seaster, que viabilizará o Benefício Eventual”.

O titular da Seaster, Heitor Pinheiro, esteve no local do incêndio ainda ontem e reuniu com as famílias desabrigadas, colocando o Estado à disposição para o que for necessário e garantindo todo o assessoramento e acompanhamento. A equipe social e de engenharia da Cohab também fez uma vistoria no local para viabilização do Cheque Moradia, que atenderá as famílias que se enquadrarem nos critérios do programa habitacional em razão da condição de vulnerabilidade social.

A Funpapa, em parceria com o Pro Paz, viabilizará toda a documentação das famílias perdida durante o sinistro para que elas possam ser atendidas tanto pelo Cheque Moradia quanto pelo Benefício Eventual. 

Por Redação - Agência PA (SECOM)